As Duas Testemunhas – Por pastor Sidiney Pinheiro

Zc.1.1 Tornei a levantar os meus olhos, e olhei, e eis um homem que tinha na mão um cordel de medir. 2 Então perguntei: Para onde vais tu? Respondeu-me ele: Para medir Jerusalém, a fim de ver qual é a sua largura e qual o seu comprimento. 3 E eis que saiu o anjo que falava comigo, e outro anjo lhe saiu ao encontro, 4 e lhe disse: Corre, fala a este mancebo, dizendo: Jerusalém será habitada como as aldeias sem muros, por causa da multidão, nela, dos homens e dos animais. 5 Pois eu, diz o Senhor, lhe serei um muro de fogo em redor, e eu, no meio dela, lhe serei a glória.

A cidade de Jerusalém é medida, mas Deus diz que será o seu próprio muro (proteção), e desde o renascimento de Israel em 14/05/1948 essa tem sido uma profecia cumprida na íntegra.

Zc.3.8 Ouve, pois, Josué, sumo sacerdote, tu e os teus companheiros que se assentam diante de ti, porque são homens portentosos; eis que eu farei vir o meu servo, o Renovo.9 Pois eis aqui a pedra que pus diante de Josué; sobre esta pedra única estão sete olhos. Eis que eu esculpirei a sua escultura, diz o Senhor dos exércitos, e tirarei a iniquidade desta terra num só dia.

É prometido aqui a Pedra que representa o Machiach, a pedra que os edificadores rejeitaram e que veio a ser a principal pedra angular, os sete olhos falam dos sete Espíritos de YHWH, o Ruach há Kodesh, Is.11, 1,2.

Zc.4.1 Ora o anjo que falava comigo voltou, e me despertou, como a um homem que é despertado do seu sono; 2 e me perguntou: Que vês? Respondi: Olho, e eis um castiçal todo de ouro, e um vaso de azeite em cima, com sete lâmpadas, e há sete canudos que se unem às lâmpadas que estão em cima dele; 3 e junto a ele há duas oliveiras, uma à direita do vaso de azeite, e outra à sua esquerda. 4 Então perguntei ao anjo que falava comigo: Meu senhor, que é isso? 5 Respondeu-me o anjo que falava comigo, e me disse: Não sabes tu o que isso é? E eu disse: Não, meu senhor. 6 Ele me respondeu, dizendo: Esta é a palavra do Senhor a Zorobabel, dizendo: Não por força nem por poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor dos exércitos. 7 Quem és tu, ó monte grande? Diante de Zorobabel tornar-te-ás uma campina; e ele trará a pedra angular com aclamações: Graça, graça a ela. 8 Ainda me veio a palavra do Senhor, dizendo: 9 As mãos de Zorobabel têm lançado os alicerces desta casa; também as suas mãos a acabarão; e saberás que o Senhor dos exércitos me enviou a vos. 10 Ora, quem despreza o dia das coisas pequenas? pois estes sete se alegrarão, vendo o prumo na mão de Zorobabel. São estes os sete olhos do Senhor, que discorrem por toda a terra. 11 Falei mais, e lhe perguntei: Que são estas duas oliveiras à direita e à esquerda do castiçal? 12 Segunda vez falei-lhe, perguntando: Que são aqueles dois ramos de oliveira, que estão junto aos dois tubos de ouro, e que vertem de si azeite dourado? 13 Ele me respondeu, dizendo: Não sabes o que é isso? E eu disse: Não, meu senhor. 14 Então ele disse: Estes são os dois ungidos, que assistem junto ao Senhor de toda a terra.

Zorobabel foi o responsável pela reconstrução do Templo de Jerusalém (beith há mikdash), esse Zorobabel foi nomeado Governador na Judeia e Josué foi escolhido como Sumo Sacerdote do Templo na sua rededicação. Esses homens são chamados nesse texto de duas oliveiras que vertem de si azeite dourado, e são chamados de dois ungidos de Elohim que assistem junto a Adonai de toda a terra. A mesma expressão é utilizada para as duas Testemunhas (mártires) no capítulo 11 do livro do Apocalipse:

Ap.11.1 Foi-me dada uma cana semelhante a uma vara; e foi-me dito: Levanta-te, mede o santuário de Deus, e o altar, e os que nele adoram. 2 Mas deixa o átrio que está fora do santuário, e não o meças; porque foi dado aos gentios; e eles pisarão a cidade santa por quarenta e dois meses. 3 E concederei às minhas duas testemunhas que, vestidas de saco, profetizem por mil duzentos e sessenta dias. 4 Estas são as duas oliveiras e os dois candeeiros que estão diante do Senhor da terra.

O terceiro Templo (Templo da Grande Tribulação) foi medido assim como foi medido o Templo rededicado pelo Governador Zorobabel e o Sumo Sacerdote Josué, assim como esse Governador e o Sumo Sacerdote do Templo eram as duas Testemunhas de Elohim na antiga Aliança, as duas Testemunhas que aparecerão na primeira metade da Grande Tribulação também estarão relacionadas ao TEMPLO, nesse caso ao terceiro Templo, pois essas duas Testemunhas são chamadas de duas Oliveiras e também de dois castiçais que estão diante do Elohim de toda a terra. A diferença aqui é que Zorobabel e Josué estavam ao lado de um castiçal de ouro (A Toráh), enquanto que aqui as duas Testemunhas são duas Oliveiras e dois castiçais (representam a Lei e os profetas) revestidas da graça de Ieshua. A verdade é que esses homens não serão nem Elias, nem Enoque, nem Moisés, pois as pessoas que usam esse argumento o citam referindo que Elias e Enoque devem morrer, enquanto que a morte em si é a separação desse corpo de pecado quanto a presença de YHWH. Outro sim citam Moisés e Elias porque as Testemunhas serão usadas semelhantes a esses homens, mas esse ponto não deve ser levado em consideração, pois Eliseu repetiu milagres de Elias e nem por isso ele era Elias, ele foi usado por YHWH com uma unção poderosa da parte de YHWH como também foram usados por Elohim os profetas Moisés, Elias entre outros. Esses dois homens serão levantados por Elohim na Grande Tribulação como foram levantados Moisés e Elias, que da noite para o dia, de uma hora para outra do nada Elohim começou a usá-los em Milagres extraordinários para ferirem a terra e os homens que se rebelaram contra YHWH. No meu ponto de vista baseado nas profecias do profeta Zacarias fica bem claro que as únicas pessoas que serão capazes de reconstruir o terceiro Templo e instituir novamente os Holocaustos seriam um governador (Presidente) e um Sumo Sacerdote (Levita), pois eles controlarão a área do Templo e da cidade de Jerusalém até o dia em que a Besta vai derrotá-los e matá-los e deixar os seus corpos expostos na praça central da cidade de Yerushalaim, então nesse momento a Besta entrará no terceiro Templo e se assentará no Trono de YHWH no Templo, e exigirá ser adorado como deus. As duas Testemunhas farão grandes milagres e maravilhas e serão mortas na praça da Grande cidade em Jerusalém e por três dias e meio os seus corpos jazerão publicamente insepultos e nesse período três dia e meio depois, Deus vai chamá-los do Céu e eles irão ressuscitar na presença de todos e Deus será Glorificado e acontecerá um terremoto que vai destruir a décima parte da cidade de Jerusalém.

TH.M, (Mestre em Teologia), Pedagogo, Filósofo e Pós Graduado em Docência do Ensino Superior

Sidiney Pinheiro – Pastor Presidente da CEADSETA em Amarante-MA
Primeiro Secretário da Mesa Diretora da CEADSETA

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.