Da Redação JM Notícia

 

O deputado pastor Marco Feliciano escreveu sobre o atentado terrorista que aconteceu na noite desta segunda-feira (22) em Manchester, na Inglaterra, após o show da cantora Ariana Grande.

Reivindicado pelo Estado Islâmico, o ato terrorista deixou 22 mortos e 59 feridos. “O mundo se ajoelha ante o terror do EI”, escreveu o parlamentar ao comentar o caso e expressar seus sentimentos e orações às famílias das vítimas.

O religioso cita informações sobre o número de muçulmanos extremistas que seria de 15% a 20% dos mais de 2 bilhões de islâmicos em todo o mundo segundo dados da agência de inteligência americana.

“Sendo verdade, existem mais ou menos 300 milhões de soldados dispostos a matar e morrer por sua crença,  isso inclui morte aos infiéis”, explica Feliciano.

Para os muçulmanos infiéis são todos os que não seguem o Islã, inclusive crianças e adolescentes como o próprio grupo terrorista afirmou ao assumir o atentado desta segunda. “Nós não deveríamos nos afligir pela morte colateral de mulheres e crianças infieis, porque Allah disse: ‘não se aflija pelos infiéis”, argumentou a organização terrorista.

VEJA TAMBÉM
Bombardeios matam mais de 100 familiares de membros do EI na Síria

O pastor entende a gravidade desse entendimento e pede oração. “Que Deus guarde o mundo pelas próximas décadas. Mais uma vez oremos”, completou ele no Twitter.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.