O professor voltou a cobrar ações do Executivo e lembrou que a luta contra o aumento da passagem na cidade de Palmas continua.

O professor voltou a cobrar ações do Executivo e lembrou que a luta contra o aumento da passagem na cidade de Palmas continua. Durante a sessão que transferiu os poderes Executivo e Legislativo ao distrito Taquaruçu nesta quinta-feira, 01, o vereador professor Júnior Geo destacou alguns assuntos como o aumento da tarifa do transporte coletivo em Palmas, decisão tomada pelo Conselho Municipal de Acessibilidade Mobilidade e Transporte. O professor iniciou um abaixo assinado ainda no mês de março e continua colhendo assinaturas virtuais e presenciais contra o aumento de 17% na tarifa da capital.

Em seu discurso, o vereador passou a palavra para o estudante Elionai Nogueira Alves, que também questionou o aumento do transporte coletivo em Palmas e a falta de oportunidades para jovens no mercado de trabalho da Capital. Defensor do não aumento da passagem de ônibus e propulsor de um abaixo assinado para evitá-lo, o parlamentar pediu ao estudante para não se intimidar. “Não se deixe ser ameaçado por quem quer que seja. Hoje você me representa. Sua voz é a voz da sociedade. Você falou com o coração”, concordou Geo.

VEJA TAMBÉM
Júnior Geo participa de audiência pública para discutir a Reforma da Previdência

Para Geo, serviços como o Resolve Palmas também deveriam ser transferidos ao distrito no primeiro dia do mês de junho. “ A população de Taquaruçu também deveria receber hoje todos os serviços que são ofertados em Palmas e não somente secretários com seus discursos em palanques”, justificou. O parlamentar ressaltou a cobrança da do pagamento da data base dos servidores municipais e soluções para o impasse para enterros no cemitério de Taquaruçu.

Entenda
Emenda 53/2006 em seu artigo 1º, parágrafo 2º diz claramente “As Sedes dos Poderes Executivo e Legislativo Municipais ficam transferidas para o Distrito de Taquaruçu no dia 1º de junho de cada ano, respeitando o disposto no artigo 3º da Constituição Estadual, em homenagem ao Município de Taquarussu do Porto, pela concessão de sua territorialidade, para a implantação da Capital do Estado”.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.