Da Redação JM Notícia

 

Já está disponível no canal VEVO o vídeo clipe da canção “Deus Vai Realizar Meus Sonhos” da cantora Nãna Shara, canção que faz parte do CD “Novo Céu”, lançamento da Universal Music Christian Group.

Com direção de Marco Tulio, o clipe foi inteiramente rodado em Nova Iorque (EUA) em pontos turísticos como a Times Square, Soho, Brooklyn e 34th Street. A produção é assinada pela BME (Boston Media Emporium).

A cidade de Nova Iorque foi escolhida pela cantora por ser um dos seus lugares preferidos do mundo. “Sou apaixonada por Nova Iorque e escolhi essa cidade para gravar o clipe por vários motivos. Foi lá que meu ministério se iniciou junto ao meu esposo. Nova Iorque é deslumbrante e muito cinematográfica. Isso faz um paralelo com a música, já que a cidade é considerada a capital do mundo”, disse Nãna.

A letra da música também contribuiu para a escolha do local das gravações. “A letra da canção traz a mensagem que Deus vai realizar meus sonhos, que o impossível não existe, o melhor Ele vai dar. Nova Iorque é um local onde as pessoas sonham em estar, investem em seus planos para conquistar”.

VEJA TAMBÉM
Conheça a versão gospel da canção “Despacito”, sucesso em todo o Brasil

Este é o primeiro CD gospel de Nãna Shara, filha dos músicos Pepeu Gomes e Baby do Brasil. Entre os anos 1990 e começo dos anos 2000, Nãna e suas duas irmãs, Sarah Sheeva e Zabelê, fizeram sucesso com o grupo SNZ.

Depois da conversão, há quase 20 anos, Nãna optou por não se envolver com a música, até que recebeu a direção de Deus para este projeto.

“Gravar esse projeto é muito significativo e gratificante, pois a música leva a mensagem de que Deus faz coisas além do que podemos pedir e imaginar”, disse ela sobre o primeiro clipe solo de sua carreira.

E a música “Deus Vai Realizar Seus Sonhos” tem um significado especial para ela. “Essa canção é muito significativa, pois foi através dela que meu ministério no louvor se iniciou, com o apoio da Rádio Gospel FM, que foi a primeira emissora a tocar a minha música para todo o Brasil. Essa canção traduz muito bem a minha identidade musical, que é uma onda pop/rock, com muita vocalização, sem perder a ênfase da guitarra, que é algo que eu gosto muito, até pela referência do meu pai”, declarou.

VEJA TAMBÉM
“Não preciso me desviar para gravar CD romântico", diz Silvan Santos ao JM Notícia

Assista:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.