Da Redação JM Notícia

 

Faleceu nesta quinta-feira (1º) o pastor Viralindo Lima, depois de ficar dois meses internado tratando de uma pneumonia e ter complicações por conta da doença.

Aos 90 anos, Viralindo era o fundador da Igreja Batista Central de Brasília e um dos principais nomes do cenário evangélico no Distrito Federal.

Ao confirmar a morte do avô, o hoje presidente da IBCB, pastor Ricardo Espindola, contou que na última semana o quadro de saúde de Viralindo foi se agravando. “De repente, ele foi piorando e, como fosse uma vela, apagando”, revelou ao Correio Braziliense.

Foto: Carlos Moura/CB/D.A Press.

Seus filhos e netos estavam com ele quando ele veio a falecer, todos juntos nesse momento de dor, mas também de esperança e gratidão por tudo o que Deus realizou através da vida do pastor.

Nascido em 1926 em Umbuzeiro, Pernambuco, o Viralindo só conheceu o evangelho depois de se casar e antes de entrar para a Marinha, onde foi enviado para Brasília a pedido de Ernesto Geisel.

Chegar em Brasília foi o cumprimento de uma promessa de Deus para sua vida que dizia: “você irá para a cidade de edifícios deitados”.

VEJA TAMBÉM
JM Notícia se posiciona como um dos sites mais acessados em Palmas

Em 1970 ele ajudou o pastor Antônio Martins Villas Boas a fundar a Igreja Batista Central na cidade e dois meses depois assumiu os trabalhos da igreja que contava com apenas 16 membros.

Antes de adoecer Viralindo já não conseguiu mais ministras os cultos, mas assistia algumas pregações por conta do Alzheimer.

O velório está marcado para esta sexta-feira (2) no templo IBCB no 603 Sul a partir das 17h. O culto fúnebre dura até as 9h do sábado quando acontecerá o culto de corpo presente e o sepultado acontecerá às 14h no Cemitério Campo da Esperança.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.