Da Redação JM Notícia

 

O jornal O Estado de São Paulo conseguiu a lista de visitas que o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, recebeu no Complexo Médico-Penha, em Pinhas, região metropolitana de Curitiba.

Condenado a 15 anos e 4 meses de prisão, por corrupção, Cunha recebeu 71 visitas de 36 pessoas, incluindo um pastor evangélico que já esteve com o ex-deputado por quatro vezes.

O pastor Davi Secundo de Souza é da Assembleia de Deus Ministério Madureira em Curitiba. Ele visitou Cunha no mês de abril entre os dias 11 e 18, segundo o jornal.

O ex-deputado peemedebista é ligado à AD Madureira, tanto que a igreja de Campinas, interior de São Paulo, chegou a ser citada na operação Lava Jato por ter recebido valores que viriam de propina.

O lobista e delator da Lava Jato Júlio Camargo afirmou que Cunha exigiu o pagamento de dinheiro para a igreja em 2012, repasses que chegaram a R$ 250 mil, vindo dos mais de US$ 5 milhões que foram desviados da Petrobrás.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.