Da Redação JM Notícia

 

Na última sexta-feira (2) a Igreja Renascer em Cristo promoveu um torneio de MMA cristão na Renascer Arena – antigo Ginásio da Portuguesa.

A 5ª edição do Ultimate Reborn Fight (URF) colocou um octógono dentro da igreja e trouxe grandes nomes do MMA para competir e atrair admiradores do esporte para serem evangelizados.

“A nossa intenção não é promover a violência, mas, sim, levar o amor de Jesus a outras pessoas que, por seus gostos pessoais, talvez, jamais entrariam em uma igreja”, disse o apóstolo Estevam Hernandes, líder da denominação.

“Hoje, nós podemos trazer grandes lutadores para dentro da nossa igreja e fazer com que eles conheçam a Jesus através daquilo que eles mais gostam de fazer”, completou.

Entre os participantes estava o lutador do UFC (Ultimate Fighting Championship) Thomas Almeida que elogiou o evento organizado pela igreja. “O evento foi muito bem organizado. É importante a igreja ter iniciativas como essa. O esporte pode mudar a vida de muitos jovens”.

VEJA TAMBÉM
Falece pastor Viralindo Silva, da Igreja Batista Central de Brasília

 

Bispo prega falando sobre vencer o vício de drogas

A ministração da noite foi feita pelo bispo Leandro Miglioli que contou seu testemunho de libertação das drogas, fazendo uma ligação entre o vício e a história de Davi e Golias.

“Com base nessa história, eu quero falar com vocês sobre os nocautes que levamos da vida. Eu tenho 41 anos e, dos 15 aos 21 anos, eu fui nocauteado pelas drogas. Quem me apresentou a este mundo tenebroso foi meu próprio pai. Conforme os dias e os anos se passavam, eu ficava com um vazio cada vez maior. E eu continuava naquela frustrante busca pelo sentido da minha vida. Aos 20, tudo começou a mudar, porque eu conheci o que deu a Davi o poder da vitória. Aquela pedra que ele usou para derrotar Golias representa Jesus Cristo, e Ele me salvou”, afirmou o bispo. No final da mensagem centenas de jovens aceitaram Jesus como Senhor e Salvador. “É por isso que nós estamos aqui nesta noite! Estamos aqui para levara a mensagem libertadora do evangelho através do esporte”.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.