Da Redação JM Notícia

 

O pastor Silas Malafaia criticou a fala da deputada Benedita da Silva (PT-RJ) que durante um seminário do Partido dos Trabalhadores clamou pelo “derramamento de sangue” contra o “golpe”.

A fala da deputada, que citou a Bíblia para relacionar derramamento de sangue e redenção, deixou muitos perplexos, porém não teve destaque na imprensa.

Indignado, Silas Malafaia gravou um vídeo criticando a declaração de Benedita da Silva. “Essa mulher usou o texto de Hebreus 9:22 – que fala acerca de Cristo – para uma aberração dessas”, disse ele.

A fala da parlamentar petista, derramamento de sangue de forma literal, pois ela fala em usar “qualquer que seja as nossas armas” para redimir o Brasil.

Para Silas Malafaia o discurso é semelhante ao pregado por grupos terroristas como o Estado Islâmico, logo, deveria ser denunciado. “O que esta mulher está propondo é o que o radicalismo islâmico propõe: derramar sangue de infiéis. Nós repugnamos o que aconteceu na França e na Inglaterra e uma deputada dentro do Brasil prega o derramamento de sangue e ninguém fala nada”, protesta.

VEJA TAMBÉM
Malafaia: "PGR está a serviço do Governo e do PT"

O religioso cita que qualquer parlamentar de direita que usar um discurso semelhante atrairia os olhares da imprensa, da OAB, Ministério Público e outros órgãos que iriam criticar este tipo de declaração.

Mas como foi uma representante do PT, todos os que estavam no seminário aplaudiram e apoiaram. “Olha o que esses esquerdopatas querem! É essa gente que tem que ser varrida, pelo viés legal, da política brasileira”, declarou.

 

Assista:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.