O presidente da Associação dos Policiais Civis do Estado do Tocantins, Paulinho Sousa Lima Sales, criticou o Governo do Estado pelo atraso no pagamento dos salários dos servidores públicos estaduais. “Há cerca de dois anos este mesmo governo alterou a data limite para o pagamento dos salários até o 12º dia e nem isso está sendo respeitado. Essa incerteza, além de desrespeito com os servidores, demonstra a falta de compromisso da atual gestão”, comentou.

Paulinho salientou que muitos policiais civis estão em missão pelo Estado atuando em condições precárias e com diárias atrasadas. “Nem mesmo o salário mensal podemos confiar que estará na conta na data certa. Isso sem falar das progressões atrasadas e das conquistas não implementadas, como a Lei da Paridade da Polícia Civil. A situação está ficando insustentável”, finalizou o presidente da Aspol/TO.

O último comunicado oficial do Governo do Estado é de que o salário estará nas contas dos servidores nesta terça-feira, 13 de junho.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.