Da Redação JM Notícia

 

O pastor José Barbosa Júnior, de Belo Horizonte, foi chamado pelo grupo “Mães Pela Diversidade” a participar da Parada Gay de São Paulo e discursar no trio elétrico.

Em sua fala, Barbosa pediu desculpas à comunidade LGBT pelos “ataques” que sofre do movimento religioso, em especial pelos evangélicos.

“Eu vim pedir perdão a toda a comunidade LGBT pelas mazelas que as igrejas evangélicas fizeram com vocês durante todos esses anos”, declarou.

pastor José Barbosa Júnior posa ao lado do vereador Eduardo Suplicy na Parada Gay de São Paulo

Como integrante do movimento “Jesus cura a homofobia”, Barbosa fez críticas aos pastores mais conhecidos por rebater a agenda gay dizendo que eles não representam todos os evangélicos.

“Eu quero dizer e deixar bem claro aqui que Malafaia e Feliciano não representam todos os evangélicos do Brasil. Os evangélicos amam sim e estamos aqui para dizer que toda a forma de amor é abençoada por Deus”, declarou ele.

Continuando sua crítica, ele criticou a Bancada Evangélica e saiu em defesa do Estado Laico. “A bancada evangélica é uma vergonha para o evangelho e para todas as igrejas e então força para todos vocês”, declarou.

VEJA TAMBÉM
'Eu dou graças a Deus por tudo isso', diz Malafaia sobre calúnias

Assista:

Minha fala na abertura da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo…

Publicado por José Barbosa Junior em Domingo, 18 de junho de 2017