Milton lamenta pela família Duailibe e a falta de consideração com seu sentimento

O vereador Milton Neris (PP) relatou na tarde desta quinta-feira, 22, em sessão extraordinária, o convite enviado pela Prefeitura, para a inauguração da ETI Almirante Tamandaré, na ARSE 132 (1306 Sul), na qual, a mesma foi chamada Escola de Tempo Integral Osmar Duailibe, decretada pela Câmara Municipal e sancionada pelo ex-prefeito Raul Filho conforme Lei Nº 1939, de dezembro de 2012. Milton relatou a extrema falta de respeito com os parlamentares da Câmara e diz não ter passado por votação ou comunicado a alteração da nomenclatura.

De acordo com o vereador, “a homenagem foi feita assim que lançou a obra da escola na ARSE 132, recebendo o nome de um dos pioneiros de Palmas, Osmar Duailibe, após sua partida, como maneira de reconhecimento da sua história, antes mesmo de começar as obras, forma para as pessoas já conhecerem sua importância.” E questiona: “Fico imaginando qual o propósito do Prefeito? Jurídico? Pelo fato de Raul Filho ter disputado eleição com ele, uma maneira de delimitar seus opositores? Se todos os opositores que um dia ele homenageou for tratar dessa maneira, não haverá mais respeito dentro dessa Casa”, frisou.

VEJA TAMBÉM
Negreiros nega insatisfação na base, fala em oscilação e diz que oposicionistas podem compor base

Milton lamenta pela família Duailibe e a falta de consideração com seu sentimento. “Nada contra o Almirante Tamandaré, mas com tantas obras novas para colocar o nome de entes imagino se hoje fizéssemos isso na Escola Maria Rosa, por exemplo tirar essa homenagem feita há anos atrás, é uma falta de respeito à família e a sociedade palmense”, conclui.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.