A reitora da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) morreu na manhã deste sábado (24) no interior de São Paulo. Elizângela Glória Cardoso, 36 anos, estava internada no Hospital do Câncer de Barretos. Ela passava por tratamento e chegou a fazer uma cirurgia este ano.

Em nota, o deputado estadual Eli Borges (Pros), amigo da reitora, lamentou a morte da Elizângela: “É com grande pesar que recebo a notícia do falecimento da Reitora da Unitins, Elizângela Glória   Cardoso, neste sábado, 24 de junho. Solidarizemo-nos neste momento de difícil com a família enlutada. Rogamos a Deus que receba em seus braços, Elizângela Glória.”

Perfil

Elizângela Glória Cardoso, natural de Santa Tereza do Tocantins, foi professora da Unitins há oito anos. Ela graduou em Serviço Social no ano de 2005, obteve títulos de especialistas de Planejamento em Gestão de Projetos Sociais pela Unitins (2009) e em Gestão das Clínicas nas Regiões de Saúde pelo Instituto Sírio Libanês de Pesquisa (2014).
Velório
O velório está previsto para acontecer a partir das 20 horas no auditório da Sede da Unitins, na Quadra 108 Sul, em Palmas. Após o velório, o cortejo seguirá para a residência da família onde haverá momento reservado aos familiares. O sepultamento está previsto para acontecer no domingo de manhã, em Porto Nacional.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.