Da Redação JM Notícia

 

A cantora Katy Perry revelou aos seus fãs que vive uma batalha interna entre seu perfil de artista pop e sua verdadeira identidade, Katheryn Hudson. Filha de pastores, Katy reveliu que já viveu momentos de depressão e pensamentos suicidas, problemas que lhe trouxeram mais próxima de Deus.

“Eu me sinto envergonhada de ter esses pensamentos, sentir-me para baixo e deprimida”, declarou ela em uma transmissão ao vivo nas redes sociais.

Esse momento de sua vida a fez escrever a canção “By The Grace of God”, que faz parte do CD Prism, lançado em 2013. A cantora revelou que foi a graça de Deus que tirou o pensamento suicida que ela sentia.

“Pensei que eu não era suficiente/ Descobri que eu não era tão forte/ Deitada no chão do banheiro/ Nós estávamos vivendo em uma linha de falha/ E eu senti que a falha era toda minha/ Não aguentava mais”, diz trecho da música.

“Pela graça de Deus/ (Não havia outra maneira)/ Eu me peguei de volta/ (Eu sabia que tinha que ficar)/ Eu coloquei um pé na frente do outro/ E eu olhei no espelho/ E decidi ficar/ Não ia deixar o amor me tomar desse jeito”, declara o refrão da música.

VEJA TAMBÉM
Edu Porto é a nova aposta digital da Universal Music Christian Group

Ao falar sobre a composição, Katy Perry declarou que acredita em Deus e que Ele tem a sua mão sobre ela. “Eu sei que Deus tem Sua mão sobre mim”, declarou. Ela também afirmou que sente a graça de Deus sempre que perde o controle de alguma coisa em sua vida.

 

Relação com os pais e vida cristã

A cantora também revelou que vive uma crise interior entre ela como artista, e ela como filha de pastores.

“Eu queria muito ser Katheryn Hudson e às vezes eu nem quero parecer com Katy Perry. É por isso que eu cortei meu cabelo, porque eu realmente quero ser meu eu autêntico”, declarou.

Katy Perry surpreendeu seus fãs ao aparecer com os cabelos muito curtos e loiros, uma mudança visual que mostra essa busca dela por sua verdadeira essência.

E por falar em essência, ela declarou que já teve momentos difíceis com seus pais por conta das diferenças de visão entre eles, agora que ela não frequenta mais uma igreja.

VEJA TAMBÉM
Abuso de poder religioso entra na mira da Justiça

“Não foi sempre fácil porque temos pontos de vista muito diferentes, mas agora podemos concordar em discordar em um espaço amoroso”, declarou ela que tem tentando se reaproximar de sua família.

Keith Hudson, mãe da cantora, já declarou que ver a sua filha se distanciado dos caminhos do Senhor e cantando canções que são contrárias aos ensinamentos cristãos lhe trouxe grande tristeza, por isso ela pede orações para sua filha. “Não a julgue, ore por ela”, pediu a pastora. Com informações CBN News.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.