Da Redação JM Notícia

 

A estudante Samara Gonçalves foi baleada quando estava na Escola Estadual Ricardo León, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense (RJ), nesta quarta-feira (5), sendo atingida nas costas.

Segundo a mãe da jovem, que não se identificou em entrevista ao RJTV, da Rede Globo, a estudante não morreu por milagre. “Para mim, é um milagre de Deus. Porque ela falou: ‘mãe se eu me levanto poderia ter sido na minha cabeça, no meu ouvido. Deus me protegeu’”, relatou.

Ainda segundo o relato da mãe, Samara estava no pátio da escola quando viu uns rapazes provavelmente no muro da escola. Quando ela se levantou para sair de onde estava sentada, sentiu um impacto em suas costas.

“Ela falou pra professora que tomou um tiro nas costas, a professora agarrou ela, abraçou, botou ela no colo, e começou a chorar”, conta a mãe. Foi então que a direção foi informada e o Corpo de Bombeiros foi chamado.  Ela então chamou a professora, que avisou a direção da escola para chamar o Corpo de Bombeiros.

VEJA TAMBÉM
Casal de pastores anuncia nascimento de gêmeos, após perder dois filhos em acidente

O aumento da violência em toda a região tem prejudicado estudantes não apenas da baixada fluminense, mas também da capital. Esta semana completou o 100º dia eletivo, e em apenas sete dias todas as escolas do município funcionaram sem interrupção por causa da violência.

Samara segue internada, mas se recupera bem segundo informações da TV Globo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.