Da Redação JM Notícia

 

Pelo Facebook e também pelo WhatsApp muitas pessoas compartilharam a informação de que o juiz Sérgio Moro teria se debruçado sobre a Bíblia após condenar o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva a 9 anos e meio de prisão.

Porém, a notícia é falsa, postada por um site conhecido por plantar notícias para ganhar cliques. Foi o mesmo site que divulgou que, quando jovem, Moro distribuía cobertores nas noites geladas de Curitiba para acabar com o frio de moradores de rua.

A nota divulgada após a condenação de Lula dizia que a foto foi tirada por uma equipe da BBC Brasil que flagrou o juiz debruçado no Livro Sagrado dos cristãos por mais de 40 minutos. Contudo, a imagem foi  clicada pelo fotógrafo Lula Marques, da agência de fotos do PT, durante uma participação do juiz federal em um debate sobre o Código de Processo Penal na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara (CCJ), em março deste ano.

Ao contrário do que parece, Moro não está com a cabeça em um exemplar da Bíblia, mas sim procurando uma tomada abaixo da bancada para abastecer um celular ou um computador.

VEJA TAMBÉM
Petição pede cassação do cargo de Juiz Federal de Sergio Moro

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.