Da Redação JM Notícia

 

O cantor Paul McCartney se apresentou na semana passada na cidade americana de Wichita, no Kansas, e a Igreja Batista de Westboro resolveu fazer um protesto contra o cantor.

Famosa por promover protestos, os fiéis da igreja ficaram nas proximidades do show com placas com dizeres variados, desde “Acredite no Senhor Jesus”, até frases contra os divórcios que o cantor já teve com dizeres de “1 mulher para 1 homem”, “Deus odeia o adultério”, entre outras frases.

Após o show, que aconteceu no dia 19 de julho, Paul McCartney fez uma montagem com as fotos do protesto e agradeceu a igreja “pelas calorosas boas-vindas”.

A imagem mostra que os cartazes originais dos manifestantes foram trocados por frases de música como “Let it be” e “All you need is love”.

A imprensa internacional elogiou a atitude do músico, dizendo que ele criou um “meme” contra a igreja considerada extremista por fazer declarações contra homossexuais, artistas, políticos e até contra soldados americanos.

Foto original de um dos membros da Igreja Batista de Westboro
Foto original de um dos membros da Igreja Batista de Westboro
Foto postada por Paul McCartney com as placas trocadas no Twitter

 

VEJA TAMBÉM
Marco Feliciano sai em defesa de Abílio Santana: "Você não está sozinho nesta"

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.