Morre Juan Romero, compositor de Cem Ovelhas aos 88 anos

O autor da canção “Visión Pastoral”, Juan Romero, morreu nesta sexta-feira (21) aos 88 anos de idade. A causa da morte ainda não foi confirmada.

De acordo com o Efrata Music, a informação foi divulgada pela CVC La Voz, grupo de comunicação em que Juan trabalhou. “Juan Romero foi parte da nossa equipe, nossa família”.

“Com seu exemplo, ele nos guiou e ajudou. Com sua humildade, nos ensinou que toda a glória sempre deve ser dada a Deus. Através dele pudemos ver que nosso Senhor é sempre justo e misericordioso para com aqueles que o amam e são fiéis”, acrescentaram.

Juan Romero nasceu em 11 de janeiro de 1929, em Monterrey, Nuevo Leon, México, e quando ele tinha sete anos um jovem missionário chegou à sua cidade natal. Entre as almas que encontrou foi a de Juan Romero. Desde 1948 Juan Romero foi pregar o evangelho de Jesus Cristo. Em 12 de junho 1949, ele se casou com Aurora Orozco dos quais nasceram quatro filhos, Betty, que era para estar com o Senhor em 1966, Aurora, Yvonne e Juan Carlos.

VEJA TAMBÉM
9º Congresso de Escola Dominical comemora 500 anos da Reforma Protestante

De 1967 a 1976 ele serviu como um representante da Escola Dominical na América Latina e nas Antilhas, que acompanha o Missionário Jorge Davis em seu avião “LA GLORIA”. Naquela época Christian Congresso Educação organizado pelo fornecimento de cursos de formação e introduziu os batedores programa programa semelhante ao “Boy Scouts” REY para ajudar tanto o crescimento físico e espiritual dos jovens de sua denominação.

Há mais de dez anos, John e sua esposa Aurora realizou um programa de televisão que alcançou uma audiência de mais de 70 milhões. John escreveu mais de 430 canções e é o autor de vários livros, incluindo uma coleção de poemas e um hinário. Em além de uma autobiografia quando eles giram 50 anos de ministério, ele cita a biografia de Juan Romero.

Relembre a canção na voz de Ozeias de Paula:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.