Da Redação JM Notícia

 

O reverendo Augustus Nicodemus foi questionado durante um debate sobre a relação entre o suicídio e o cristianismo e a resposta foi que tal pecado não é um pecado sem perdão.

O tema é pouco discutido no segmento cristão e muitas vezes é citado como um ato que gerará condenação eterna, o que Nicodemus discorda.

“Eu acho que todos nós temos que concordar que o suicídio nunca deveria ser a saída. É um dos pecados proibidos no mandamento ‘Não matarás’. Interpretado pela comissão de fé de Westminster, ele diz que esse pecado não só proíbe que a gente tire a vida dos outros, mas que tire a nossa própria. Então, o suicídio é pecado”, declarou.

Porém, para o pastor o suicídio “não é um pecado sem perdão”. “O único pecado sem perdão, que tem na Bíblia é a blasfêmia contra o Espírito Santo. E provavelmente esse pecado não é cometido por alguém que é crente.”

Em sua explicação, o reverendo presbiteriano fala mesmo o suicídio sendo um ato pecaminoso, ele não pode separar a pessoa da graça de Deus. “Não será isso que irá separá-lo da graça de Deus e do perdão que é dado em Cristo Jesus. Se a nossa salvação vai depender de na hora da nossa morte a gente ter colocado em dia todos os nossos pecados, então pouca gente vai escapar, não é? Então, a pessoa que cometeu o suicídio e atentou contra a própria vida, de fato pecou contra o mandamento ‘Não maratás’, mas isso não a impedirá de entrar no gozo da vida eterna porque a salvação é dada pela graça de Deus e nada pode nos separar disso”, declarou.

VEJA TAMBÉM
Vítima de fofoca em igreja evangélica receberá danos morais

Assista:

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.
  • Edmar Florindo Amaral

    “Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia,
    Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias,
    Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus.” Gálatas 5:19-21

    Nesta passagem está dizendo que quem praticar homicídio não herdará o reino de Deus. Se você se mata, você está praticando um homicídio. Mesmo que seja da própria vida.
    Está dizendo também: “…e coisas semelhantes a estas…”. Suicídio é semelhante ao homicídio.

    Veja o dicionário Aurélio:

    Suicidar-se:
    Dar a morte a si próprio.

    Homicídio:
    Morte de uma pessoa praticada por outrem; assassínio.

    Consegue ver a semelhança?
    Ambos tiram a vida, ambos matam, independente de quem seja o autor e o objeto da ação.
    É um mandamento divino:

    “Não matarás.” Êxodo 20:13

    Espero ter ajudado!
    Deus te abençoe!