Da Redação JM Notícia

 

Com medo da criminalidade, igrejas e bares da região da Grande Vitória, no Espírito Santo, estão tomando medidas para preservarem seus frequentadores e seu patrimônio.

Segundo uma reportagem da TV Gazeta local, retransmissora da Globo, algumas igrejas estão até contratando seguranças armados, pois os templos são alvos constantes de furtos e roubos.

Outra medida tomada pelos pastores foi mudar o horário dos cultos e fechar os espaços mais cedo. Para o presidente da Associação de Pastores Evangélicos da Grande Vitória, Enoque de Castro Pereira, essas medidas são necessárias.

Enoque de Castro, presidente da Associação de Pastores da Grande Vitória

“Em alguns lugares as igrejas decidiram iniciar os cultos antes para acabar mais cedo. Muitos também estão aderindo à grupos caseiros ou frequentando congregações mais próximas e deixando para ir aos ajuntamentos maiores apenas uma vez por semana”, declarou.

Os assaltos são frequentes em igrejas, muitas vezes os fiéis são vítimas enquanto estão indo ou voltando dos cultos. Na igreja Batista Filadélfia, no bairro Consolação, em Vitória, vários membros já tiveram os carros roubados ao saírem dos cultos.

VEJA TAMBÉM
Cantores e pregadores que cobram estão proibidos de se apresentarem na Igreja Batista

A violência na Grande Vitória também tem interferindo no trabalho dos bares que estão encerrando suas atividades mais cedo e estão mantendo televisores e freezers trancados.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.