Da Redação JM Notícia

 

O  conhecido por pregar a destruição de Israel e por manter conexões com o Hezbollah, já está em São Paulo onde participará de uma palestra sobre o terrorismo islâmico.

Para impedir protestos, líderes islâmicos no Brasil estão escondendo o iraquiano, chegaram até a informar que ele não viria mais e que não participaria da palestra.

Porém algumas fotografias comprovam que Araki desembarcou no Aeroporto Internacional de Guarulhos e estava sendo acompanhado por outras pessoas, entre elas o sheik Taleb Khazraji, chefe da Arresala.

O radical xiita Mohsen Araki desembarca no Aeroporto de Guarulhos (Roberto Grobman/Facebook)

Também acompanha o líder muçulmano o iraquiano Taleb Khazraji que já foi citado nos relatórios que investigaram o atentado contra a sede da Associação Mutual Israelita (AMIA). Os documentos apontavam Khazraji como sendo um dos interlocutores dos terroristas que explodiram a entidade em julho de 1994.

 

Discurso de ódio contra Israel e Estados Unidos

Araki prega que os Estados Unidos e os judeus são os responsáveis pelos problemas econômicos dos países islâmicos e das divisões existentes entre as várias correntes da religião islâmica.

VEJA TAMBÉM
Estado Islâmico invade igreja e mata padre na França

Amigo pessoal e com influência sobre o secretário-geral do Hezbollah, Hassan Nasrallah, o aiatolá chegou a visitar o Líbano e ali sugeriu aos líderes do Hamas uma união estratégica entre todos as organizações terroristas que atuam no Líbano e Palestina como forma de “banir Israel do mapa”.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.