Da Redação JM Notícia

Siqueira Campos recebe convite de filiação da executiva nacional do PSC

O presidente nacional do Partido Social Cristão (PSC), Pastor Everaldo Pereira, visitou a capital Palmas nesta quinta-feira (27), onde se reuniu com as lideranças do partido no Tocantins, entre eles, o deputado estadual Osires Damaso, presidente regional no Tocantins,  o 1º vice-presidente do PSC e suplente de senador pastor Amarildo Martins, o ex-vereador de Palmas pastor João Campos e membros da executiva estadual para discutir desde a reforma política ao fortalecimento da legenda em todo o País.

Durante a visita, Pastor Everaldo apresentou diretrizes da executiva nacional acerca da estruturação partidária, criação de comissões estaduais e municipais e orientou aos membros que realizem encontros periódicos para melhor estruturação das bases. Everaldo também anunciou para os próximos meses a abertura do escritório do PSC em Palmas, o primeiro no Tocantins.

Pastor Everaldo também ressaltou, mesmo diante da crise política pela qual passam vários partidos, a solidez do trabalho que vem sendo realizado pela nova executiva do PSC no Tocantins.

Para o deputado estadual que preside o PSC no Tocantins, Osires Damaso, a visita do líder nacional da legenda é importante para adequar as responsabilidades do partido político com o trabalho que vem sendo feito no estado e nos municípios, possibilitando a filiação de novos membros e da busca de melhores resultados.

VEJA TAMBÉM
Executiva Nacional do PSC lança pré-candidatura do vereador pastor João Campos este mês na capital

Convite a Siqueira Campos

Na ocasião, Pastor Everaldo entregou ao ex-governador do Tocantins, José Wilson Siqueira Campos, um convite oficial para filiar-se ao partido e disputar as eleições de 2018 pelo PSC.

Nos bastidores, Siqueira Campos é cotado para disputar uma das duas cadeiras ao Senado em 2018.

No Tocantins, o Partido Social Cristão conta com 3 deputados estaduais, 6 vice-prefeitos, 2 prefeitos e 57 vereadores. (Ariany Minister)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.