Da Redação JM Notícia

 

O Templo Satanista dos Estados Unidos tem usado a legislação americana que permite cursos extracurriculares religiosos na rede pública de educação para oferecerem aulas de satanismo.

“Se cursos religiosos são permitidos nas escolas, nós queremos espalhar nossos clubes por toda a nação para garantir que múltiplos pontos de vista estejam representados”, disse Chalice Blythe, diretora nacional do programa “Satã Depois da Escola” (After School Satan Program) em entrevista à BBC.

Para convidarem as crianças a “aprenderem e se divertirem” com o satanismo, o grupo criou um convite em vídeo com áudio invertido e imagens de crianças intercaladas com aranhas, bodes com longos chifres e outros símbolos satânicos.

Livro de atividades para ensinar o satanismo nas escolas

Com um livro para colorir, chamado de “O Grande Livro”, os pequenos são estimulados a brincarem de “ligar os pontos para formarem um pentagrama invertido”, além de outras atividades.

O projeto satanista vem ganhando popularidade entre ateus e ativistas políticos nos Estados Unidos e em outros países por ser uma proposta que contesta a participação dos cristãos – católicos e protestantes – na educação de crianças.

VEJA TAMBÉM
Cristãos americanos acreditam que as pessoas são pobres por “falta de esforço”

O grupo Tradição, Família e Propriedade, famoso por seus posicionamentos conservadores, já se posicionou sobre esse projeto do Templo Satânico e pediu que os pais protestem contra estes ensinamentos nas escolas.

“Precisamos frear a popularidade do satanismo”, destacou a entidade, endossando uma onda de abaixo-assinados criados por igrejas para proibir cursos satânicos para crianças.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.