Por Francisco Vieira

Pense rápido e responda qual a notícia da semana lhe vem a cabeça relacionada a altos valores financeiros? Alguns diriam que foi o prêmio da Mega-Sena de 108 milhões que saiu para um único ganhador do Rio, outros diriam que foi a transferência do Neymar para o PSG que vai custar 220 milhões de Euros, ou algo como 800 milhões de reais. Agora poucos se lembrariam de mencionar os bilhões liberados em emendas parlamentares. Os diferentes meios de comunicação mencionam montantes variados, que vão de 4 a 15 bilhões. Mais todos falam em bilhões de Reais. Ou seja com os valores das emendas liberadas em único mês daria para comprar os maiores craques de futebol do planeta, ou pagar dezenas de prêmios de 100 milhões da Mega-Sena.

Ponto & Vírgula: Alguns apostam na memória curta do eleitor

Agora essa informação deveria chocar a população. Mais muitas pessoas preferem a indiferença. Preferem fazer memes e criticar os que votaram a favor ou contra Temer. Mas o maior escândalo é liberar bilhões em emendas e não se ver resultado prático disso no mercado de trabalho e em benefícios para o povo.

Alguns deputados federais corajosos do Tocantins preferiram remar contra a maré e votar pela não permanência do Presidente Temer no governo. Os que votaram a favor tem seus argumentos, e alguns apostam na memória curta do eleitor. O certo é que a novela da instabilidade política continua. No mercado das delações a briga é grande para chegar na frente e dedurar amigos primeiro. É um salve-se quem puder que reflete a falta de valores e princípios da elite política e seus representantes. Uma das características marcantes deste cenário atual é mostrar que nos bastidores do poder ninguém se preocupa com outros, só consigo mesmo. Vale tudo para salvar a pele e para manter a vida de luxo e ostentação.

Quanto ao povo seria oportuno lembrar um dos personagens mais marcantes de Chico Anísio, que se tornou parte da cultura Brasileira. Chico Anísio foi profético ao criar uma caricatura dos políticos da época, que tão bem reflete o nosso tempo atual. O personagem marcante de Chico Anísio, o Deputado Justo Veríssimo, vivia dizendo que “tinha horror a pobre”.

Agosto chega trazendo suas incertezas e apesar do calor aqui no estado, poderíamos dizer que como na série famosa da TV americana, o inverno se aproxima trazendo consigo os raios da silibrina(silibrina pode ser definido como algo complicado). Está aberta a temporada de enganação, conchavos e alianças. E tenho dito.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.