Da Redação JM Notícia

O evangelista Billy Graham, 98 anos, continua respondendo internautas que enviam perguntas a ele sobre os mais variados temas. Um deles questionou o pastor norte-americano sobre a fofoca na igreja.

A mulher queixava-se da igreja em que ela frequentou onde as pessoas, inclusive o pastor, fofocavam da vida de todo mundo e questionou: “Não é assim que os cristãos deveriam agir, não é?”

Ao respondê-la, Graham deu duas razões para que o cristão não faça fofoca, dizendo que assim os cristãos não devem agir dessa forma.

“Quando nos comprometemos com Jesus e nos tornamos Seus seguidores, nossas vidas devem ser marcadas pelo amor e compaixão, não por críticas e por fofocas”, disse ele antes de citar Colossenses 4:6 que diz: “Que as suas conversas sejam sempre agradáveis e de bom gosto, e que vocês saibam também como responder a cada pessoa!”

A primeira razão dada pelo pastor para que um cristão não faça fofoca foi: muitas vezes a fofoca é baseada em mentira. “Mesmo que o que alguém diz sobre outra pessoa não seja completamente mentira, mas ainda é apenas parte da verdade”, disse ele. “As fofocas e críticas também destroem as pessoas e prejudicam sua reputação, causando conflitos e suspeitas. A Bíblia diz com razão: ‘Quem odeia fere os outros com mentiras; as palavras bajuladoras causam desgraças.’ (Provérbios 26:28)”.

VEJA TAMBÉM
Renascer em Cristo monta disputa de MMA dentro da igreja e atrai jovens

A segunda razão é que a fofoca, muitas vezes, é feita por motivações do mal. “Você já se perguntou por que gostamos de fofocar? A razão não é simplesmente porque gostamos de destruir os outros, é porque gostamos de nos construir. Quando fazemos fofocas, estamos afirmando estar sabendo. E quando criticamos alguém, afirmamos ser melhores do que eles. Na realidade, no entanto, estamos apenas nos arruinando”.

No final da resposta, Billy Graham pediu à leitora que orasse para Deus guiá-la à uma igreja onde ela se sentisse bem. “Certifique-se de seu compromisso pessoal com Jesus e, em seguida, peça-Lhe para guiá-la para uma igreja onde você possa crescer em sua fé e ser cercado por pessoas que a amam e também você amará” aconselhou.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.