Da Redação JM Notícia

O vídeo onde o apóstolo Agenor Duque comparava a imagem de Aparecida com a Coca-Cola e propõe desafio aos fiéis chegou ao conhecimento do Padre Zezinho, famoso escritor e cantor católico.

O religioso escreveu um texto em seu Facebook contestando o que ele chama de “agressão totalmente desnecessária” feita pelo líder da Igreja Plenitude do Trono de Deus.

“Simbolicamente deixou cair a garrafa dizendo que aquela garrafa não ora, nem ouve, nem pode ajudar a sua plateia-assembleia! É claro que estava ridicularizando nossas imagens e símbolos e também nossa Bíblia, porque a nossa Bíblia e as Bíblias que imagina que ele usa também não falam porque são feitas de papel”, declarou o padre.

Sobre adorar ou não ao Deus vivo, o padre Zezinho explicou que não acreditar em imagens não quer dizer que se é menos fiel a Jesus.

“Quis dizer que é mais fiel a Jesus do que nós católicos porque ele não pede oração à mãe de Jesus nem acredita na intercessão dos santos do céu, embora ele mesmo na TV intercede por seus fiéis como santo pastor da terra que ele afirma ser”, completou.

VEJA TAMBÉM
Estado Islâmico ameaça matar o Papa Francisco: "Nós estaremos em Roma"

Ainda segundo o padre, “quem ora pelos seus fiéis está intercedendo” e é isso que os católicos acreditam que Maria, a mãe de Jesus, tem feito no céu.

E sobre as várias representações de Maria, o religioso escreveu: “Temos muitas imagens dela através do mundo mostrando que a mãe de Jesus é mãe para negros, índios, europeus, esquimós, árabes, escravos e libertos, porque a vemos vestindo a dores, as vestes e as cruzes de quem sofre.”

 

Padre critica a postura do pastor e fala em processo

“Esse tipo de pregação ridicularizando Maria raramente dá certo. Até mesmo entre seus ouvintes e fiéis haverá crentes chocados com o desrespeito do pregador pela mãe de Jesus que entre católicos é representada em mais de 300 imagens através do mundo”, continuou.

Em seu texto, o padre Zezinho ainda declara que o apóstolo pode ser processado por vilipendio, “por desprezo à religião e aos símbolos da outra igreja”.

“O pastor Agenor Duque, que se veste de mendigo humilde, nos ofendeu e chamou-nos de ignorantes porque ousamos representar Maria negra em veste azul. Acho que ele não lembrou que ele também é uma imagem exótica, quando ele mesmo entra naquele palco vestido de mendigo para anunciar sua igreja”, finalizou.

VEJA TAMBÉM
Bispo católico justifica sua posição de que “homossexualidade é dom de Deus”

Leia na íntegra:

O PASTOR AGENOR DUQUE !Pe Zezinho scj – 1-Ecumenismo é o respeito que um crente em Deus tem…

Publicado por Padre Zezinho, scj em Quarta-feira, 16 de agosto de 2017

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.