Da Redação JM Notícia

Estreou na Rede Brasil o programa “De Volta ao Reino”, o primeiro da TV aberta apresentado por um gay evangélico e que promete contestar pastores conservadores como Silas Malafaia.

A atração é comandada por Artur Vieira, 33 anos, que relata que se viu diferente de seus irmãos aos quatro anos de idade. “Entendi que havia menino, havia menina e havia uma terceira coisa, que era eu”, declarou em entrevista à Folha de São Paulo.

Artur, nascido em lar católico, disse que sua mãe só falou com ele sobre homossexualidade quando ele tinha 11 anos e foi a um show de Ney Matogrosso.

Quando tinha 17 anos, ele foi convidado a conhecer uma Igreja Universal do Reino de Deus por uma colega de faculdade, ele cursou jornalismo no Rio de Janeiro. Ele afirmou que tinha acabado um relacionamento e foi na igreja em busca de consolo para seu coração.

Convertido e hoje membro de uma igreja inclusiva, Artur passou a fazer parte de um grupo de gays evangélicos que não se sentem inseridos em nenhum dos mundos, entre os homossexuais e entre os evangélicos.

VEJA TAMBÉM
Edir Macedo comenta morte de Marcelo Rezende e fala de vida eterna

Em seu programa, que nasceu no Youtube, Artur irá provar que é possível ser gay e evangélico ao mesmo tempo e promete mostrar “um novo olhar cristão” sobre a homossexualidade e ainda declara que irá atacar Silas Malafaia.

“Você acha que vou deixar meus amigos serem massacrados pelo [Silas] Malafaia? Ele tem uma hora na [grade da] Band, você acha que nos meus 15 minutos não vou meter dois pés no peito?”, declarou.