Da Redação JM Notícia

Foto: Xando P./Agência A Tarde

Na manhã desta quinta-feira (24) uma lancha naufragou na Baía de Todos os Santos, região metropolitana de Salvador (BA), deixando ao menos 23 mortos. 

O número de pessoas resgatadas passa de 80, segundo informações da Capitania dos Portos e do Corpo de Bombeiros, mas ainda há desaparecidos. 

A lancha Cavalo Marinho I tinha capacidade para 160 pessoas e estaria transportando, hoje pela manhã, 129, além de quatro tripulantes. O capitão de fragata Flávio Almeida, da Capitania dos Portos, declarou à imprensa que um inquérito será instaurado para apurar as condições que geraram o acidente.  

“Só nós socorremos 21 pessoas, mas outras embarcações socorreram um número de náufragos que ainda não sabemos precisar”, disse ele. “Um helicóptero da Polícia Militar nos auxilia neste trabalho”, completou. 

A Secretaria de Segurança Pública da Bahia informou que dois helicópteros do Graer (Grupamento Aéreo) da Polícia Militar auxiliam nos serviços de busca das vítimas. O acidente mobilizou também prefeituras da região metropolitana. 

Dos corpos encontrados, 17 estão em Mar Grande, no município de Vera Cruz, e já começaram a ser encaminhados para o IML. A maioria deles ainda sem identificação.  

No Terminal Marítimo de Salvador muitos familiares e amigos de passageiros buscam informações enquanto quatro ambulâncias do Samu e uma do Corpo de Bombeiros prestam atendimento às vítimas que chegam.  

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.