Da Redação JM Notícia
Deputada federal Dulce Miranda (PMDB)

Depois dos rumores de que o deputado Júnior Coimbra estaria em tratativa com o Palácio Araguaia para assumir mandato em Brasília, a deputada federal Dulce Miranda (PMDB), negou na tarde desta sexta-feira, 25, por meio de nota, qualquer articulação no sentido de se licenciar da Câmara dos Deputados, para que o suplente e secretário de Governo do Município de Palmas, Júnior Coimbra (PMDB), possa assumir o cargo.

Segundo a nota, Dulce continuará seu trabalho em Brasília, “empenhada em legislar em prol dos menos favorecidos, em defender melhorias na qualidade de vida dos municípios tocantinenses”.

Laudecy Coimbra nega

Em entrevista ao JM Notícia na manhã desta sexta-feira, 25, a vereadora Laudecy Coimbra (SD), esposa do suplente de deputado Júnior Coimbra, também negou qualquer articulação para que Coimbra assuma cadeira na Câmara dos Deputados, em vaga ocupada pela deputada Dulce Miranda (PMDB).

“Essa conversa não existe, é apenas especulação do povo, não houve essa conversa. Já passou da hora do Júnior assumir vaga na Câmara. Já tem quase três anos que ele é suplente, é um suplente que tirou 44 mil votos, obtendo mais votos do que o Lázaro Botelho e a Dorinha”, disse Laudecy.

VEJA TAMBÉM
Coautora de projeto de lei, Dulce Miranda comemora liberação da pílula do câncer

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.