Da Redação JM Notícia

A Comissão de Educação da Câmara Federal aprovou nesta terça-feira (19) o Projeto de Lei nº 3.909 de 2015, que que torna obrigatória a definição de espaços para hortas em instituições de ensino públicas da educação básica de todo o Brasil.

O deputado federal Carlos Henrique Gaguim (Podemos-TO), comemorou a decisão por acreditar que esse contato com o cultivo de alimentos tornará os alunos mais conscientes sobre a preservação do meio ambiente e a sua importância.

“Estou convicto que devemos ensinar nossos jovens desde cedo a cultivar seus próprios alimentos, criando, assim, uma cultura de preservação do meio ambiente, de alimentação saudável, de interação e solidariedade é essencial nas escolas públicas brasileiras”, afirmou o ex-governador do Tocantins.

Com o texto aprovado, as escolas de ensino básico terão espaços para a plantação de hortas que servirão para ensinar os alunos sobre produção agrícola, desenvolvimento sustentável e hábitos alimentares saudáveis. Além disso, os gêneros alimentícios produzidos reforçarão as merendas escolares.

Ao analisar a proposta – prevista no Projeto de Lei 3909/15, do deputado Carlos Henrique Gaguim (Podemos-TO) –, a relatora deputada Professora Marcivania (PCdoB-AP) afirmou que não há qualquer dúvida sobre os benefícios da medida.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.