Esplanada das Mesquitas, terceiro lugar sagrado do Islã e o lugar mais sagrado para os judeus, que o chamam de Monte do Templo.
Retorno dos judeus para Israel é um dos maiores sinais do fim dos tempos, diz pastor

Você já parou para pensar como será o Apocalipse? Qual seria o maior sinal para sabermos sobre o fim dos tempos? E o anticristo? Para responder essas e outras perguntas, o pastor Naêif Almeida esclareceu diversos pontos sobre o último livro da Bíblia. Ele afirma que há interpretações sobre as Escrituras e salienta o retorno dos judeus para Israel.

“Algumas interpretações da profecia bíblica deixavam isso totalmente à parte. Hoje, os irmãos que entendiam que Israel já não estavam mais no cenário profético, estão cedendo a essa visão. Pois é algo muito claro. Israel não é apenas um povo que voltou para sua terra, mas um povo que tem expressão no mundo”, disse ele.

“Pessoas que não estão acostumadas com esse tema não percebem como aqueles que estão mais atentos, mas nós estamos dentro do momento, por isso que não temos essa noção tão clara, do tamanho que é esse sinal do povo judeu novamente na terra deles. Eles passaram dois mil anos dispersos e não desapareceram como nação”, pontuou.

“Mas eles voltaram para o mesmo lugar de origem e segundo o profeta ezequiel isso estaria acontecendo. É a visão do vale dos ossos secos. Então, a gente vê o final da segunda guerra mundial, você vê o vale de ossos secos, os tratores empurrando aqueles corpos para dentro das valas”, relembrou. “É muito clara a palavra profética (sobre Israel). Eles estariam novamente na terra deles no fim dos tempos. Esse talvez seja um dos maiores sinais que o Senhor dá”, coloca.

Cartas às igrejas

Sobre as cartas do apóstolo João às sete igrejas mencionadas no livro de Apocalipse, o pastor explica. “Essas igrejas estão todas na Turquia e elas representam as igrejas do período gentio, ou no tempo dos gentios. Mas, não existe nenhuma referência a igreja da judéia, para que ficasse bem claro que a mensagem era para a Igreja e não objetivamente para Israel”, comentou.

“Então, essas igrejas representam ao longo da história toda igreja gentílica, espalhada fora de Israel. A mensagem é para toda a Igreja, em todos os períodos da história, desde o momento em que ela foi estabelecida em Pentecostes, até o momento em que ela será arrebatada para um encontro com o Senhor nos ares. Podemos identificar isso historicamente. A primeira é a igreja de Éfeso que está bem caracterizada com a igreja primitiva”, ressaltou. Com informações Guiame.com.br

Confira a explicação na íntegra:

COMPARTILHAR

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.
  • Humberto Noemi

    Romanos 11.25

    Porque não quero, irmãos, que ignoreis estes segredo, (para que não presumais de vós mesmos): que o endurecimento veio em parte sobre Israel, até que a plenitude dos gentios… haja entrado.

    Até que Deus haja terminado com os gentios, Israel foi cegado.

    Eles saíram ao pecado e transgressões contra Deus, porque Deus cegou seus olhos de modo que nós pudéssemos ser enxertados.

    Romanos 11.26

    E assim todo o Israel será salvo, como está escrito: De Sião virá o Libertador, E desviará de Jacó as impiedades.

    Deus lhes cegou a propósito por você e por mim. Eles não podem ver, porque Deus lhes cegou. E todo Israel, Israel o verdadeiro, será salvo.

    Que disse o Anjo? Glória! “Para cessar as transgressões de Israel. Daniel 9.24

    Eu tenho vindo dizer-te que virá um tempo quando as transgressões de Israel terminarão”. Deus cortará essa rama brava e enxerterá nisso atrás – essa rama real novamente.

    Oh, algumas vezes faz meu coração saltar ao ver aquele povo pobre miserável sendo cortado sem saber onde vai, e pensar que Deus em Sua misericórdia fez isso de modo que eu pudesse ser salvo, cegou seus olhos de seu próprio Messias, cerrou seus ouvidos para que não ouvissem, ainda que olhando diretamente a Seus milagres e olhando diretamente a Seus milagres e olhando diretamente a Seus milagres e coisas que Ele estava fazendo.

    Mesmo Jesus havendo feito tantos milagres, eles não podiam crer”. Porque disse Deus, “Tem olhos e não podem ver, e ouvidos e não podem ouvir, para que não seja que com seus olhos vejam e com seus ouvidos ouçam e eu os converta”.

    Porém para que nós tivéssemos uma oportunidade, Ele desceu a cortina sobre os olhos de Seus próprios filhos, expulsou a Seus próprios filhos da mesa, e os expôs a fraqueza de Espírito de modo que Ele pudesse encontrar – que nós pudéssemos ter uma oportunidade de viver – dando-nos Vida.

    Romanos 11.26 novamente:
    E assim todo o Israel será salvo, como está escrito: De Sião virá o Libertador, e desviará de Jacó as impiedades.

    Sim, Ele virá ao Monte de Sião, um destes dias. Sobre o Monte das Oliveiras, eles O reconhecerão, e todo o Israel conhecerá que é Ele. Os Gentios haverão terminado então. Essa rama que tem sido enxertada, Deus tomará dela o fruto que tem sido enxertada, Deus tomará dela o fruto que tem sido recolhido, e essa rama brava será…

    Deus lhes cortou a propósito e cegou seus olhos para que tivéssemos uma oportunidade para ver, dando-nos uma oportunidade; e nós caminhamos como se fôssemos grande coisa. Paulo diz deles aqui: “Considera como fazes isso. Considera, porque se Deus não poupou à rama natural, como terá Ele mais misericórdia da rama brava que tem sido…” Assim sendo nós caminhamos dizendo, “Eu sou Presbiteriano”, “Eu sou Metodista”, “Eu sou Batista”, “Eu sou Pentecostal!” Isso não significa nada para Deus. Você tem que ser nascido de novo do Espírito Santo que vem da Raiz. Porém Ele vem…