Da Redação JM Notícia

O deputado federal Carlos Henrique Gaguim (PODEMOS-TO) divulgou uma nota de esclarecimento sobre o uso de recursos da emenda impositiva enviada pela Bancada do Tocantins ao Estado e criticou os obstáculos que dificultam as obras que são realizadas com esses valores.

No texto, Gaguim defende o uso de recursos para aquisição de 139 Caminhões Caçambas, no valor de R$ 25 milhões; 139 Escavadeiras Hidráulicas – PC, no valor de R$ 49 milhões; 139 Tratores com implementos agrícolas, no valor de R$ 23 milhões, para beneficiar todos os municípios tocantinenses já no ano de 2018. “Isso beneficiaria a toda a população do Estado”, declarou.

O parlamentar também cita que é favorável a continuação da construção da BR-010, mas faz uma observação: “ante as inúmeras dificuldades que garanta a execução total da obra pelo DNIT, entende que obstáculos existentes deverão primeiro ser superados para que não aconteça o mesmo que aconteceu com a emenda impositiva destinada à construção da Ponte de Xambioá”.

Gaguim lembra que, por irresponsabilidade do DNIT, as obras da Ponte de Xambioá atrasaram e, com isso, R$ 70 milhões foram perdidos.  Mesmo com o lançamento da obra no mês de setembro, a construção ainda não foi iniciada, o que pode levar a perder ainda mais recursos.

VEJA TAMBÉM
AD Catedral da Missão em Palmas terá a 1ª Cruzada Evangelística

Diante dessas informações, o parlamentar repudia o uso político e a forma de destinação das emendas de bancadas por alguns deputados e senadores. “Não podemos ser irresponsáveis e perder mais esses recursos garantidos e que são tão importantes para os municípios tocantinenses”, diz Gaguim.