Da Redação JM Notícia

Polícia atendem vítimas de tiroteio em igreja de Sutherland Springs, no Texas (Foto: MAX MASSEY/ KSAT 12/via REUTERS)

Um homem invadiu uma igreja batista na cidade de Sutherland Springs, no Texas, Estados Unidos, e disparou contra os membros que assistiam ao culto desde domingo (5).

O governador do estado, Greg Abbott, confirmou a morte de 26 pessoas através de uma mensagem. “Vinte e seis vidas foram perdidas. Não sabemos se o número vai subir ou não, tudo o que sabemos é que são muitos e essa será uma longa manhã de luto para aqueles que sofrem”, declarou.

De acordo com o porta-voz do Departamento de Segurança Pública do Texas, Freeman Martin, 23 pessoas morreram dentro da igreja, duas morreram do lado de fora e outra foi durante o transporte até o hospital.

O atirador foi encontrado morto após uma pequena perseguição, não há informações se ele cometeu suicídio ou foi morto por algum morador.

Informações passadas por Martin declaram que o atirar era um homem branco, com 20 e poucos homens, que foi visto por volta das 11h20 (horário local) em um posto de gasolina, já usando um colete à prova de balas.

VEJA TAMBÉM
Igreja enviava brasileiros aos EUA para trabalharem como escravos, diz denúncia

Depois ele foi visto saindo do carro e atirando na igreja do lado de fora. Em seguida ele foi para o lado da igreja e depois entrou no templo atirando nos fiéis que participavam do culto.

Informações garantem que ao sair da igreja, uma pessoa ainda não identificada conseguiu desarmá-lo, mas mesmo assim ele fugiu. Outra pessoa teria perseguido e o suspeito acabou batendo o veículo, sendo encontrado morto pela polícia.

As investigações não foram concluídas, mas as primeiras declarações da polícia local descartam a hipótese de terrorismo e citam o jovem Devin P. Kelley, de 26 anos, como o autor do atentado. Kelley teria feito postagens nas redes sociais e em uma delas exibiu uma arma AR-15.

As vítimas do tiroteio tinham entre 5 e 72 anos, entre os mortos está a filha do pastor Frank Pomeroy de apenas 14 anos. O pastor e sua esposa, Sherry, não estavam na igreja neste domingo.  Com informações G1.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.