Da Redação JM Notícia

Nesta terça-feira, 07, durante Audiência Pública realizada para debater o Projeto de Lei sobre o novo endereçamento oficial de Palmas, o vereador Milton Neris (PP) questionou o secretário de Desenvolvimento Urbano, Ricardo Ayres, sobre quem irá assumir as despesas com a mudança para o novo registro de endereçamento. O Vereador diz ser a favor da permanência do endereço antigo, pois essa mudança mexe com a vida de todos os cidadãos palmenses. 

Milton conta que, “a população está preocupada com quem vai pagar esses custos, além disso, tem o prejuízo que os moradores sofrem com o duplo endereço, como recebimento de encomendas e contas. A prefeitura deve prever esse gasto no orçamento deste ano”, explica. 

O Vereador afirma que a prefeitura deve ter um prazo para cumprir o que a Lei estabelece, e questiona, “em abril, a prefeitura resolveu assumir o prejuízo que o cidadão poderia ter com a troca das placas de endereços e assumiu o compromisso que o PL teria 2 anos para cumprir a sinalização, além de divulgar e implantar os logradouros dos imóveis. Mas agora quem realmente vai pagar esses gastos?”. 

O problema começou há 18 anos, quando os endereços foram mudados da configuração antiga para a atual. Apesar dos Correios e da população terem adotado a nova forma, os Cartórios de Registro de Imóveis ainda usam a forma antiga. 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.