Da Redação JM Notícia

O deputado federal Carlos Henrique Gaguim (Podemos-TO) garantiu junto à Funasa a liberação de recursos para o atendimento de obras de esgotamento sanitário em 16 cidades do Estado do Tocantins, totalizando o montante de R$ 55.860.000,00 (cinquenta e cinco milhões, oitocentos e sessenta mil reais).  

Gaguim explicou: “Venho lutando junto ao Presidente da Funasa, para que as cidades tocantinenses alcancem índices de saneamento básico aceitáveis, pois 75% da população tocantinense não tem sequer acesso à coleta de esgoto.” 

A Funasa disponibilizou esta verba contemplando 16 cidades tocantinenses. Inclusive, o edital já foi publicado, nesta semana, no Diário Oficial do Estado do Tocantins e o processo de licitação para execução de obras de esgotamento sanitário acontecerá no dia 10 de novembro, às 9h, na Secretaria de Infraestrutura do Estado. 

As cidades que serão contempladas com esses recursos são: Aurora do Tocantins, Pugmil, Itapiratins, Sandolândia, Abreulândia, Sucupira, Fortaleza do Tabocão, Rio dos Bois, Aragominas, Piraquê, Bandeirantes do Tocantins, Angico, Riachinho, Santa Terezinha do Tocantins, São Bento do Tocantins e Luzinópolis. 

O recurso é proveniente do Termo de Compromisso 272/2014 da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) com o governo do estado do Tocantins e os municípios, e foi agilizado depois do empenho e das articulações do deputado federal Carlos Henrique Gaguim junto ao Presidente da Funasa, Rodrigo Dias. 

“Este convenio feito por meio do Governo do Estado estava parado há mais de 3 anos, mas graças a Deus, com muito trabalho, conseguimos a liberação desse importante recurso para o nosso povo tocantinense”, finalizou o ex-governador Gaguim.   

Saneamento Básico no Brasil 

Apenas, 50,3% da população brasileira têm acesso à coleta de esgoto. Mais de 100 Milhões de brasileiros não tem acesso a este serviço. Somente 42,67% dos esgotos do país são tratados. A média das 100 maiores cidades brasileiras em tratamento dos esgotos foi de, apenas, 50,26%, entre elas, somente 10 das capitais brasileiras tratam acima de 80% de seus esgotos. 

No Tocantins somente 25,60% da população têm acesso à coleta de esgoto. Sendo que o tratamento desse esgoto é feito em apenas 25,29% do estado. As perdas de água estão em torno de 46,80%. 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.