Da Redação JM Notícia

Foto: Evandro Mendes/TV Anhanguera

Centrais sindicais de várias cidades brasileiras organizaram nesta sexta-feira (10) algumas manifestações contra a reforma trabalhista que entra em vigor neste sábado (11), trazendo mudanças significativas para os trabalhadores brasileiros. 

Em Palmas os manifestantes se reuniram em frente a Caixa Econômica da avenida Juscelino Kubitschek, na tentativa de exigir que o governo venha a anular a reforma. 

Entre os organizadores estavam a Central Única dos Trabalhadores (CUT), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), União Geral dos Trabalhadores (UGT), Nova Central e Força Sindical. Segundo eles, cerca de 200 pessoas participaram do protesto. 

A manifestação começou por volta das 10h, alguns funcionários chegaram a serem impedidos de entrar no banco, com o objetivo de forçar a paralisação do serviço público, todavia os funcionários não aderiram ao protesto e o banco funcionou normalmente durante todo o dia. 

 

Confira o que muda com a Reforma trabalhista: 

Fonte: Agência Brasil

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.