A empresa Assessoria em Organização de Concursos Públicos Ltda, (AOCP) é a empresa com maior pontuação no resultado de julgamento da proposta técnica da licitação para realização do concurso público da Polícia Militar (PM) no Estado do Tocantins.

A empresa obteve 96 pontos. Conforme a resultado divulgado pela Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz), a segunda empresa mais bem colocada é a Consultoria e Planejamento em Administração Pública Ltda. (Consulplan), com 85 pontos. Em seguida, segundo resultado divulgado pela Sefaz, a Pró Município Serviços Eireli obteve 80 pontos.

As empresas Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), Instituto Brasil De Educação (Ibrae) e Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (Ibade) não atingiram a nota de corte de 50 pontos, conforme regimento previsto no edital.

 Ao todo, sete empresas foram classificadas. Já a empresa Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) foi desclassificada por não apresentar na declaração que não atendia um item exigido na licitação.

O concurso da PM foi anunciado pelo governo para ser realizado ainda este ano e com confirmação de 1.040 vagas previstas (1.000 para soldados e 40 para oficiais). O resultado final da licitação ainda não foi divulgado. Com informações do Jornal do Tocantins

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.