Da Redação JM Notícia

Imagem meramente ilustrativa.

O Ministério da Educação propôs algumas alterações na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e o Conselho Nacional de Educação (CNE) acatou, removendo do material escolar temas relacionados a gênero e orientação sexual. 

Os assuntos, previstos para serem trabalhos com alunos do ensino fundamental, foram modificados e agora serão oferecidos dentro das aulas de religião para alunos do 9º ano do ensino fundamental. 

O documento divulgado em abril deste ano estabelecia a discussão de “concepções de gênero e sexualidade segundo diferentes tradições religiosas e filosofias de vida”. Porém uma nova revisão foi feita e a BNCC foi modificada pela terceira vez, sem a discussão de gênero e sexualidade, acrescentando “princípios e valores éticos” como umas das habilidades “reconhecer a coexistência como uma atitude ética de respeito à vida e à dignidade humana”. 

O parecer divulgado declara que as alterações foram motivadas pelas controvérsias geradas sobre o tema “gênero”, que levou a BNCC a ser muito criticada.  

“A temática ‘gênero’ foi objeto de muitas controvérsias durante os debates públicos da BNCC. Neste sentido, entende-se que o CNE deve, em resposta às demandas sociais, aprofundar os debates sobre esta temática, podendo emitir, posteriormente, orientações para o tratamento da questão, considerando as diretrizes curriculares nacionais vigentes”, diz o texto. Com informações O Globo.