Da Redação JM Notícia

O vereador Júnior Geo lutou contra o gasto excessivo do dinheiro público e votou contra os aumentos dos tributos como o IPTU

Reeleito em 2016 com mais de dois mil votos, o vereador professor Júnior Geo (PROS) analisou positivamente o primeiro ano de seu segundo mandato na Casa de Leis. “Foi um ano de muita luta. Sou professor e estou vereador com o objetivo de fazer pela sociedade aquilo que gostaria que fizessem por mim enquanto cidadão, representar o coletivo, fiscalizar e legislar”, afirmou.

Somente neste ano, Júnior Geo apresentou, na Câmara Municipal de Palmas, 80 requerimentos, 19 Projetos de Lei, dois Projetos de Resolução e uma solicitação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a aplicação de recursos do Instituto de Previdência Social do município de Palmas (PreviPalmas).

Entre os Projetos de Lei apresentados, Júnior Geo propôs a prorrogação da licença paternidade para o servidor público; a licença remunerada para servidoras vítimas de violência sexual; maior transparência nas licitações do município e a instituição do estatuto do concurso público no município de Palmas. Também solicitou, com intuito de atender as demandas da população, a pavimentação das quadras 408 e 508 Norte, e apoiou a luta dos professores da rede municipal de ensino e o direito à educação de pessoas com deficiência.

Para contribuir com as mudanças que acredita o parlamentar têm atuado como membro da Comissão de Administração Pública, Urbanismo e Infraestrutura Municipal; Comissão de Cidadania, Direitos Humanos, Meio Ambiente, Ética e Decoro Parlamentar; e da Comissão de Assuntos dos Direitos da Mulher. Participa também da Comissão Especial para revisão da Lei Orgânica do Município e do Regimento Interno da Câmara Municipal de Palmas.

VEJA TAMBÉM
João Campos recebe apoio de mais de 500 líderes evangélicos em reuniões nesta quarta, 29

Dinheiro público e taxas abusivas 

Em 2017, o vereador reafirmou seu compromisso contra cobranças abusivas e solicitou audiências públicas para discutir o preço do combustível na capital. “Nosso trabalho é fiscalizar e buscar soluções para atender as demandas da sociedade. Queremos que o preço do combustível seja mais justo, que o custo de vida na capital seja reduzido, porque as cobranças, impostos e taxas já são muitos”, afirmou.

O parlamentar também lutou contra o gasto excessivo do dinheiro público e votou contra os aumentos dos tributos no município, como no caso do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), Taxa de Iluminação Pública e Taxa de Coleta de Lixo. A tarifa de ônibus é mais uma bandeira defendida pelo vereador. Em agosto, foram colhidas 8.500 assinaturas da população para solicitar à Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE) a execução de uma Ação Civil Pública para derrubar o aumento da tarifa de ônibus em Palmas.

Concurso Público da Câmara Municipal de Palmas 

Desde 2013, início de seu primeiro mandato, o vereador professor Júnior Geo luta para que a realização do concurso da Câmara Municipal de Palmas ocorra da melhor forma possível. Ainda em dezembro deste ano, foi oficializada a Comissão Permanente de Seleção da Universidade Federal do Tocantins (Copese/UFT) como organizadora do concurso público da Casa de Leis.

VEJA TAMBÉM
Câmara de Palmas homologa inscrições para o concurso público

Para o professor Júnior Geo, a importância da presença de pessoas concursadas no serviço público contribui para a isonomia e moralidade, beneficiando a população, principalmente quando se trata de um meio político.

Lei sancionada 

Desde o dia 31 de outubro está em vigor a Lei nª 2.359, de autoria do professor Júnior Geo que assegura a matrícula ao aluno com deficiência e aos filhos de pessoas com deficiências, em creche ou escola da rede municipal de ensino que seja de sua escolha. “Essa nova lei proporcionará a essas famílias o direito à educação e a facilidade de estudarem perto de suas casas, e assim, evitarem o transtorno de se deslocarem para escolas longes”, ressaltou o vereador.