Da Redação JM Notícia

Médico de Palmas procurado pela morte da ex trabalha em Palmas (Foto: Reprodução/Facebook)

A professora Danielle Christina Lustosa Grohs foi encontrada morta em sua casa nesta segunda-feira (18), dois dias depois de ter sido agredida pelo seu ex-esposo, o médico Álvaro Ferreira da Silva. 

O médico chegou a ser preso em Palmas por conta da agressão, mas foi solto no domingo depois de pagar fiança. Fugitivo, o homem ainda não foi encontrado. 

O corpo da professora foi encontrado após seu advogado, Edson Monteiro de Oliveira Neto, tentar contato com sua cliente e não ter sucesso, chamando a polícia. O corpo de Danielle foi encontrado de bruços na cama e a causa da morte ainda não foi revelada. 

Álvaro e Danielle foram casados por quase 20 anos e a separação aconteceu em 2016 de forma nada amigável. Segundo o advogado, o médico fazia diversas ameaças à professora, chegou a retirar os veículos que pertenciam a ela e ainda tinha pedido que a água do imóvel fosse desligada. 

No sábado (16) ele foi preso por invadir a casa de Danielle e tentado esganá-la. A polícia ainda não conseguiu localizá-lo.