Da Redação JM Notícia

No último domingo (17) o presbítero João Luiz Tavares, da Igreja Assembleia de Deus em Iguaba Grande, na Região dos Lagos (RJ), foi encontrado morto, pendurado em uma árvore do quintal de sua casa. 

O caso foi noticiado pelo site RC24h, declarando que a população local ficou chocada com a morte do presbítero que aconteceu quase uma semana depois da morte do pastor Júlio Cesar, ex-presidente da AD Madureira também na Região dos Lagos. 

Segundo o site, os moradores de Iguaba Grande lamentaram a morte de João Luiz pelas redes sociais e comentaram o crescimento do número de suicídio na região nos últimos meses.