Da Redação JM Notícia

Durante o discurso de Ano Novo, transmitido pela TV estatal, o líder norte-coreano, Kim Jong-un, declarou que seu país completou sua capacidade nuclear e que está pronto para reagir a qualquer ameaça.

Na mensagem, Kim afirmou que a capacidade atômica de seu país exerce um grande poder dissuasivo nos Estados Unidos, garantindo que suas armas são capazes de alcançar todo território americano.

“Os Estados Unidos estão ao alcance de nossas armas nucleares. Tenho um botão que pode acioná-las dentro do meu escritório. É a realidade, não é uma ameaça”, disse.

Para evitar conflitos, o líder norte-coreano pediu que Washington e Coreia do Sul encerrem suas manobras conjuntas, criticadas pelo regime como uma tentativa de invadir seu país, e estendeu uma mão ao país vizinho afirmando que Norte e Sul devem melhorar suas relações.

Além disso, declarou que os Estados Unidos não têm mais meios para atacar a Coreia do Norte.

Jong-un afirmou que Pyongyang só utilizaria suas armas atômicas se sua segurança estiver ameaçada, mas afirmou que manteria seu programa de desenvolvimento de mísseis balísticos e ogivas nucleares.