Da Redação JM Notícia

O vereador Vandim do Povo (PSDC) esteve na inauguração da Escola de Tempo Integral (ETI) Marcos Freire, no assentamento São João, nesta quinta-feira (4) e por conta dessa participação, muitos acreditaram que ele teria saído da oposição e voltado para a base do prefeito Carlos Amastha.

O boato se espalhou pelas redes sociais, porém o vereador permanece na oposição, integrando um grupo composto por dez parlamentares que atuam em conjunto em relação a diversos assuntos pelo bem da cidade de Palmas.

“Eu não fui prestigiar o prefeito, fui prestigiar a comunidade de São João”, declarou o vereador que é defensor da comunidade. A relação de Vandim do Povo com os moradores de São João é antiga, tanto que o vereador doou um pedaço de terra para fazer a ampliação do colégio.

Por entender que o pessoal do campo também merece educação de qualidade, Vandim conseguiu impedir que a escola fosse fechada, sendo o autor do requerimento para fazer a reforma na escola e lutou para que ela não fosse fechada como a Prefeitura desejava.

VEJA TAMBÉM
Vandim entrega Título de Cidadão Palmense à José Maria Eymael

O bloco de oposição na Câmara Municipal de Palmas é composto hoje pelos vereadores: Léo Barbosa (SD), Rogério Freitas (PMDB), Lúcio Campelo (PR), Milton Neris (PP), Júnior Geo (PROS), Vandim do Povo (PSDC), Filipe Fernandes (PSDC), Marilon Barbosa (PSB), Diogo Fernandes (PSD) e o vereador Ivory de Lira (PPL).

Todos os vereadores desse bloco se unem para tratar dos temas e tomar as decisões sobre os projetos que visam beneficiar os moradores de Palmas. Vandim, inclusive, este nesta tarde em um almoço com os oposicionistas. “O grupo está mais forte e maior”, completou o vereador reafirmando seu desejo em lutar pelo bem maior da comunidade de São João, e de todos os bairros de Palmas.