Da Redação JM Notícia

O pastor Junior Martins, da AD CIADSETA, escreveu um artigo comentando sobre uma recente discussão sobre o uso de joias por evangélicos. O uso de brincos, anéis, pulseiras e outros adornos são por vezes apontados por quem vê pecado utilizá-los.

Ao falar sobre o assunto, o pastor fala sobre usos e costumes e lembra que essas doutrinas e dogmas acabam mudando com o passar dos anos. Ele cita, por exemplo, que nos tempos de sua mãe era pecado andar de bicicleta, se depilar, tomar Coca-Cola e tingir o cabelo.

“O certo é que, doutrinas devem ser obedecidas sim (pelo princípio da obediência ao líder e a não promoção do escândalo), mas sem desgastes demasiados em prol dessas temáticas”, diz ele que é conferencista e também professor universitário.

Ainda segundo o pastor Junior Martins, pode ser que muitas dessas coisas proibidas hoje, sejam aceitas amanhã como é o caso da televisão que por muitos anos os evangélicos ficaram proibidos de terem um aparelho de TV em suas casas.

VEJA TAMBÉM
Prefeito Carlos Amastha participa de celebração dos 26 anos da Assembleia De Deus do Aureny III

Leia o artigo do pastor:

USOS E COSTUMES: A RIGIDEZ DA TRANSITORIEDADE

Hoje me deparei com discussões acaloradas, promovidas por implacáveis “juízes de plantão”, sobre a temática: joias na igreja. Pois bem, há um “quê” de relativismo nos dogmas de usos e costumes.

Nos tempos (recentes) da minha mãe, era pecado mortal: andar de bicicleta, tomar Coca-Cola, depilar-se, tingir o cabelo e etc.

O certo é que, doutrinas devem ser obedecidas sim (pelo princípio da obediência ao líder e a não promoção do escândalo), mas sem desgastes demasiados em prol dessas temáticas.

Pois o que terminantemente proibido hoje, pode ser rotina amanhã (lembra da caixa do capeta chamada televisão?).

Assim, gastemos nossas energias com preocupações menos  mutáveis: jejum, oração, evangelismo, intimidade com Deus, os frutos do espírito… são conquistas e benefícios que nunca vão se tornar obsoletos. Foquemos nisso, para mantermos em nossos corações a chama autêntica do evangelho: juntando e não espalhando.

Doutrina por doutrina, somos regidos pela CGADB, que agremia igrejas pastoreadas por ícones do meio evangélico, como o Pastor: José Wellington Jr (incontestavelmente homens de Deus)… e por lá já vemos pulseiras e anéis que em nada diminuem a unção de nossos irmãos.

VEJA TAMBÉM
Evangélicos seguem divididos na eleição suplementar do Tocantins

Pr. Junior Martins

CIADSETA

Servo de Deus, Teólogo, Conferencista, Professor Universitário.