Da Redação JM Notícia

O deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) se mostrou preocupado com o projeto do presidente da Bolívia, Evo Morales, de instaurar um novo código criminal que proíbe a evangelização. 

Pela proposta do Novo Código do Sistema Criminal, se torna crime a prática de recrutar pessoas para uma organização religiosa e cultos punindo com prisão de 7 a 12 anos. Para o parlamentar evangélico, a proposta “é uma quebra total dos princípios constitucionais”. 

A maior prova de que há uma ditadura se instalando é que a liberdade de expressão, segundo esta proposta do governo, é um direito dado pelo Estado, logo, ele pode controlar esse e outros direitos. 

Feliciano se comprometeu a reunir autoridades diplomáticas brasileiras e tentar pressionar o governo boliviano a desistir dessa lei. “Essa nada mais é do que uma tentativa de calar aqueles que são contra ao seu projeto de perpetuação no poder”, declarou o deputado. 

Feliciano também pediu ação dos cristãos brasileiros, pois Evo Morales tem total apoio dos partidos brasileiros de esquerda, sendo, inclusive, amigo do ex-presidente Lula e da ex-presidente Dilma Rousseff. 

“Acordem cristãos, o mal vem com sapatinho de algodão, entrando em nossas casas e governo. Precisamos resistir para que a Bolívia seja livre, para que o Evangelho seja pregado porque a liberdade de culto é um dos maiores direitos individuais do ser humano”, completa. 

  

Assista: 

GOVERNO ESQUERDISTA/COMUNISTA DA BOLÍVIA CRIA LEI PARA PROIBIR A EVANGELIZAÇÃO CRISTÃ!

Peço 2 minutos de atenção. Todos os cristãos devem assistir este vídeo e viraliza-lo. GOVERNO ESQUERDISTA/COMUNISTA DA BOLÍVIA CRIA LEI PARA PROIBIR A EVANGELIZAÇÃO CRISTÃ. Me ajude a denunciar!

Publicado por Marco Feliciano em Quinta-feira, 11 de janeiro de 2018