Da Redação JM Notícia

Lixo se acumula na 706 Sul, em Palmas

Os funcionários da empresa Valor Ambiental estão em greve desde o final de semana, cobrando o pagamento de seus salários. Nesta terça-feira (16) o acúmulo de lixo pela cidade começa a mostrar a importância do serviço para o bem-estar da cidade e de seus moradores. 

A empresa garante que 30% de seus funcionários continuam trabalhando para manter o mínimo de efetivo exigido por lei, mesmo assim a equipe não é suficiente para atender toda a capital. “”Desde sábado vem se acumulando lixo e acaba provocando o aumento de insetos, baratas e animais de rua rasgando os sacos. É uma coisa que não faz sentido, a prefeitura tem que tomar providência”, declarou um morador da 706 Sul ao G1. 

A preocupação do palmense, que pediu anonimato, é a mesma de outros moradores da cidade que estão sem a coleta de lixo em seus bairros. O coletores, por sua vez, declaram que só voltarão ao trabalho quando receberem o salário de janeiro que está atrasado. 

“O diretor da empresa deu a previsão de que nessa terça-feira seria feito o pagamento, mas se não for concretizado os trabalhadores permanecerão parados”, disse o representante do sindicato da categoria Rossini de Jesus. 

Segundo o representante da categoria, a prefeitura de Palmas estaria há três meses sem pagar a Valor Ambiental. A empresa não responde à imprensa e a Prefeitura declarou que as demandas estão sendo liquidadas e alinhadas com a empresa.