Da Redação JM Notícia

No último sábado (20), foi criada mais uma convenção assembleiana no Estado da Bahia. Trata-se da COMADEB – Convenção dos Ministros das Assembleias de Deus e Igrejas Independentes no Estado da Bahia e Outros. A instituição fundada com 50 ministros está sendo presidida pelo pastor Donald Hiroshi Silva, ex-ministro da Conframadeb (Convenção Fraternal dos Ministros da Assembleia de Deus no Estado da Bahia).

Ao JM Notícia, o pastor Donald Hiroshi Silva afirmou que deixou a Conframadeb, mas mantém o respeito e amizade com o pastor Israel Ferreira: “ele continua sendo nosso amigo, sem nenhuma dificuldade, vamos trabalhar pela Bahia”, disse  Hiroshi.

Na ocasião, foram consagrados onze pastores e consagradas duas pastoras, sendo elas: Danila Barros Queiroz e Rute da Silva Sacramento.

Mesa Diretora

A composição da Mesa Diretora da COMADEB ficou da seguinte forma:

Presidente: Pastor Donald Hiroshi Silva

1º Vice-presidente: Pastor Ademir Sacramento

2º Vice-presidente Pastor  José Filho

1º secretário: Pastor Márcio Ribeiro

2º Secretário: Pastor Joandre Santos

1º Tesoureiro Pastor Manoel Santana

2º Tesoureiro: Pra. Marcela Silva

VEJA TAMBÉM
CADB é inaugurada em Belém com 10 mil pastores filiados

Conselho Fiscal. Pastor Cosme Silva

Pr. Jorge Barbosa

Pr. Jadison Gonçalves

Secretario Executivo de Missões. Pastor Manoel Nunes

Secretaria de Ministério de Mulheres Pra. Rute Sacramento

Secretário de Ação Social: Pastor Givaldo Lima.

CADB

Ao JM Notícia,  Donald Hiroshi Silva afirmou que a nova convenção baiana está em processo de filiação à Convenção da Assembleia de Deus no Brasil. Segundo ele, “por ser paraense, por acreditar nas propostas da CADB feita pelo presidente pastor Samuel Câmara é pôr ter o apoio direto dele e do pastor Jônatas Câmara, me senti a vontade para tomar a decisão de pedir desligamento da CGADB”.

BOLÍVIA

Mesmo em meio a um clima tenso que a Bolívia tem enfrentado nos últimos dias, o presidente da Convenção COMADEB anunciou que enviará um missionário aquele país.

Neste domingo (21) o presidente boliviano declarou que estava revogando o Novo Código Penal e culpou a direita pelos protestos contra o texto. “Decidimos revogar o Código de Sistema Penal para evitar confusões e a direita deixe de conspirar e não tenha argumentos para desestabilizar o país”, declarou Evo Morales.

VEJA TAMBÉM
CADB é inaugurada em Belém com 10 mil pastores filiados

Prestes a completar 12 anos no poder, o presidente boliviano prometeu discutir com a sociedade civil um novo texto para o Código Penal e enviará para Assembleia Legislativa um decreto revogando completamente o código que passaria a valer dentro de um ano e meio.

No artigo 88 da referida lei está escrito que convocar pessoas para participar de organizações religiosas ou cultos seria crime com pena de sete a 12 anos de prisão. Igrejas evangélicas e católica se posicionaram contra e fizeram campanhas de jejum e oração para que o texto fosse revogada.

Pr Donald Hiroshi

Quem é o Pr Donald Hiroshi?
Ministro do Evangelho, Teólogo, filósofo, Advogado com especialização em Ciências Jurídicas e Direito Penal, casado com Marcela Colares Torres Silva, pai de David Enzzo. Mora em Lauro de Freitas BA.