Da Redação JM Notícia

Os organizadores falam em 70 pessoas e a expectativa é que 300 participem ao longo do dia

Na manhã desta quarta-feira (24) um grupo de pessoas se reuniram em frente à sede da Justiça Federal em Palmas para protestar em defesa do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, que está sendo julgado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre. no Rio Grande do Sul. 

Cerca de 70 pessoas, segundo os organizadores, estão sentadas na porta do prédio mostrando apoio ao ex-presidente que é acusado de corrupção pela Operação Lava Jato. Condenado a nove anos e meio pelo juiz Sérgio Moro, Lula agora é julgado pela segunda instância. 

O deputado estadual Zé Roberto (PT), organizador da manifestação, declara que o julgamento do ex-presidente é político. “O nosso objetivo é mostrar, discutindo com a população, que nós estamos vigilantes, combatendo os crimes realizados por parte da Justiça Federal e do Ministério Público, na tentativa de tirar o presidente Lula das eleições 2018. A desmoralização desse processo a nível de Brasil e mundial é muito grande”. 

O parlamentar espera 300 pessoas para participarem deste ato de apoio em Palmas, organizações semelhantes acontecem em várias cidades brasileiras promovidas por sindicatos e movimentos sociais como MST, Levanta Popular, Consulta Popular e outros.