4 Razões Fundamentais porque algumas Igrejas Neopentecostais não podem ser consideradas Cristãs

Nem todo aquele que diz Senhor, Senhor, ou que usa o nome Cristo em suas reuniões podem ser considerados cristãos. Na verdade, penso que boa parte das igrejas espalhadas por esse país, pecam gravemente contras as doutrinas fundamentais à fé cristã, isso sem falar é claro, nas heresias difundidas, pregadas e ensinadas por seus pastores.

Isto posto, visando ajudar àqueles que possuem dúvidas quanto a algumas igrejas neopentecostais, resolvi  elencar quatro motivos fundamentais porque algumas destas igrejas não podem ser considerada evangélicas, senão vejamos:

1. Exclusivismo salvífico – Embora essas igrejas  digam que “só Jesus salva”, elas condicionam a salvação às suas práticas e crendices, através da “posse de elementos salvíficos.”
2. Liderança espiritual, absoluta , inquestionável e indissolúvel.  Em qualquer estrutura de liderança evangélica, qualquer denominação, independente se é reformada ou não,  um líder com 1/10 das distorções teológicas dos apóstolos, bispos e pastores teriam caído. Lamentavelmente em instituições como algumas neopentecostais onde a Palavra proferida ou dita pelo líder primaz  é inquestionável aberrações teológicas são cometidas.
3- Distorções basilares sobre a fé.  As doutrinas de algumas das igrejas neopentecostais são sincréticas. Ainda que afirmem sua fé na Palavra de Deus, sua prática doutrinária demonstra outra coisa, junta-se a isso o fato de que relativizam a graça de Deus, pregando conceitos pagãos e absolutamente contrários as Escrituras Sagradas. Nesta perspectiva, “comercializam” as bênçãos do Senhor.  Para piorar a situação, sua soteriologia é pelagiana, sou pneumatologia manipuladora, e sua fé maniqueísta.  Além disso,  encontramos nela  a prática da simonia,  da venda de indulgências além é claro de uma distorcida base teológica.
4- Negam com suas práticas a suficiência de Cristo e a infalibilidade das Escrituras, isto porque, colocam em sua soteriologia elementos mágicos que corroboram a salvação do fiel, negando mediante suas experiências a inerrância e suficiência da Palavra de Deus.
Isto posto, não possuo a menor  dúvida em afirmar que igrejas deste naipe não podem ser consideradas como cristãs.
COMPARTILHAR