Ronaldo Caiado participa do Congresso da Umadego e destaca a força da juventude
Ronaldo Caiado participa do Congresso da Umadego e destaca a força da juventude

Destacando a fé, a determinação e a coragem da juventude para promover mudanças, o senador Ronaldo Caiado (Democratas) conquistou a simpatia dos mais de 20 mil jovens que o aplaudiram durante sua participação na União das Mocidades das Assembleias de Deus do Estado de Goiás (Umadego), evento realizado no Ginásio Goiânia Arena nesta terça-feira (13/02). Durante o feriado de Carnaval, o senador esteve em Anápolis, Formosa e Iporá para prestigiar a juventude evangélica.

Ao lado de seu suplente Luiz Carlos do Carmo e dos pastores Rafael Gouveia e Josué Gouveia, o parlamentar acompanhou o evento durante toda a manhã. Os mais de 20 mil jovens presentes pertencem às congregações dos ministérios Fama, Campinas, Vila Nova e Pedro Ludovico.

“Puder ver a energia e o entusiasmo de mais de 18 mil jovens que se dedicam à palavra de Deus em Goiás. Foi algo realmente de arrepiar. Estes jovens nos motivam ao demonstrar tanta fé, força, coragem e convicção. São eles que estão unindo forças para combater as drogas, a criminalidade e a corrupção”, enalteceu o senador.

Durante o discurso, o democrata voltou a falar sobre a  necessidade de Estado e igreja juntarem forças. “Hoje falta uma política social junto às igrejas para resgatarem os dependentes e as pessoas que perderam a perspectiva de vida. Se Deus quiser, se um dia chegar ao governo, quero implantar uma política social ao lado das igrejas em todos os quadrantes do Estado”, afirmou.

Formosa e Iporá

No domingo o senador também conversou com milhares de jovens de Formosa e Iporá. Pela manhã ele esteve no 22º Congresso da União das Mocidades El Shaday de Formosa e, à noite, no 56º encontro da União de Mocidades das Assembleias de Deus (Umadego) em Iporá, no Oeste Goiano. Ao discursar nos encontros, o parlamentar enalteceu a força das igrejas evangélicas no combate às drogas.

“A medicina tem condições de tratar um jovem dependente. Mas não sabe como estruturar a continuidade da vida deles. E isso só as igrejas têm conseguido, com seus trabalhos sociais. Só elas conseguem transmitir este trabalho de evangelização para que os jovens não caiam novamente na criminalidade e nas drogas”, destacou. O trabalho social que sonhamos fazer, se Deus permitir, será ao lado das igrejas para mostrar a capacidade de recuperação do de dependentes químicos”, reforçou.

VEJA TAMBÉM
56ª edição da Umadego deve reunir 20 mil jovens na Arena Goiânia

Segundo Ronaldo Caiado, que foi a Formosa a convite do pastor Marcivon Neres (presidente da Assembleia de Deus – Ministério de Formosa), os jovens têm um papel importante na política. “A vocês, jovens, que muitas vezes são refratários à política, quero dizer que graças a Deus posso estar aqui no púlpito da igreja podendo olhar nos olhos de cada porque nunca traí a confiança dos goianos. Vocês nunca me viram envolvidos em negociatas, bandalheiras ou corrupção. O homem que tem espírito público age como vocês, que muitas vezes renunciam o dia a dia ao lado das famílias para evangelizar, para buscar as pessoas que já não têm expectativa e recuperá-las da criminalidade, da droga e da depressão”, comparou.

À noite o senador foi recebido em Iporá pelo pastor Ataul Alves Rosa, presidente das Assembleias de Deus do Campo de Iporá, que enalteceu a trajetória política do democrata. “Ronaldo Caiado é uma autoridade que nos honra com sua presença. Ele não tem nada que manche sua carreira, é um político ficha limpa. É nosso amigo e amigo do povo de Deus”, fez questão de apresentá-lo aos fiéis.

O tema do encontro, “Inegociáveis”, chamou a atenção do senador, que comentou o momento político do País. “O que está faltando para colocar o Brasil nos trilhos é que muitos deixem de negociar a ética. O poder vem de Deus e é preciso que as pessoas que representam o povo o façam com dignidade e honestidade, dando condições de vida melhores aos cidadãos”, afirmou.

VEJA TAMBÉM
56ª edição da Umadego deve reunir 20 mil jovens na Arena Goiânia

Muitas vezes, disse o parlamentar, os jovens são desestimulados de um processo político pelos maus exemplos que assistem. Mas ele afirma que é preciso não abrir mão de seu papel de promover as mudanças necessárias. “O cidadão não deve viver para o seu bem pessoal ou de sua família. Temos de acreditar que podemos fazer a diferença. Hoje posso dizer que não os decepcionei”, lembrou.

Anápolis

No sábado o senador também esteve ao lado dos jovens ao percorrer igrejas evangélicas em Anápolis. O parlamentar esteve primeiro na 46ª edição do Congresso Umada, da Igreja Assembleia de Deus Madureira de Anápolis, e na sequência participou do 53º Congresso da Mocidade Evangélica (Comepe), promovido pela Igreja Assembléia de Deus Ministério Anápolis.

No Congresso Umada o senador, ao lado de seu suplente Luiz Carlos do Carmo (MDB), foi recepcionado pelo pastor presidente Bertiê Magalhães. Ao discursar para os milhares de jovens presentes, o senador falou sobre o papel da igreja em dar esperança e perspectiva de vida a eles.

No Comepe ele voltou a falar sobre este desejo de unir forças em prol dos jovens. “Tive a oportunidade de falar ao pastor José Clarimundo Cezar da minha admiração pelo trabalho social desenvolvido pela igreja. Estamos vivendo uma época em que as drogas estão destruindo as famílias. Nessa hora a igreja tem papel fundamental. Como médico sei o tratamento para que o usuário deixe as drogas, mas sinceramente é a igreja que ajuda a mantê-lo distante, ao evangelizar e transmitir a fé e esperança. A união de forças entre estado e igreja no combate às drogas! Esse é o caminho! Vou lutar por isso”, garantiu.