Da Redação JM Notícia

O pastor Josué Gonçalves tem um ministério focado em casamento, o Amo Família

Conhecido em todo o Brasil por ministrar aos casais, o pastor Josué Gonçalves, no Ministério Amo Família, se envolveu em uma polêmica nas redes sociais neste final de semana após criticar um pregador mirim que ministrou na Igreja Assembleia de Deus do Brás, em São Paulo, comandada pelo bispo Samuel Ferreira.

A crítica se dá ao fato do garoto, de apenas 9 anos, agir como um adulto, o que para Gonçalves não é correto. “Assim como um adulto infantilizado não é normal, uma criança com trejeito de adulto também é estranho. Criança tem que ser criança, vivendo como criança, brincando como criança, estudando como criança , sendo educadas como criança”, disse.

Josué Gonçalves falava sobre o pequeno João Vitor Ota que, estimulado pelos seus pais, tem visitado inúmeras igrejas para ministrar a palavra de Deus. Por isso, o pastor critica não apenas quem estimula esse comportamento, como também os pastores que cedem o espaço para os pregadores mirins.

VEJA TAMBÉM
Associação Médica Brasileira condena exposição do MAM com nudez para crianças

“Colocar uma criança no púlpito com a responsabilidade de um adulto não seria infantilidade de quem a colocou?”, questionou o pastor que, após a polêmica, removeu o vídeo do ar de seu Instagram e Facebook.